Google+
 

O país menos visitado do mundo

Às vezes nos deparamos com nomes de países que nunca tínhamos ouvido falar. São nações pequenas e pouco populosas, que não estão entre as opções de destinos da grande maioria dos turistas. Mas não se engane: não é porque não estão nos roteiros populares que alguns países não tenham atrativos para quem quer explorar lugares encantadores.

8698113879_91ce330112_z

O principal exemplo disso é o Kiribati, considerado o país que menos recebe turistas no mundo – segundo a ONU, ele recebeu apenas seis mil visitantes em 2014! A ex-colônia britânica fica no meio do Pacífico e é formado por 33 ilhas e atóis, sendo 21 delas inabitadas. O país é dividido em três grupos de ilhas: Ilhas Gilbert, Ilhas da Linha e Ilhas Phoenix, e sua capital está localizada bem no meio do caminho entre a Austrália e o Havaí.

kiribati4-1

Por estar na altura da linha do Equador, Kiribati tem clima tropical, quente e úmido. Com as mudanças climáticas do planeta e a elevação do nível do mar, grande parte do país está ameaçada e pode desaparecer.  A preocupação é tanta que o governo já cogitou comprar ilhas em Fiji para que no futuro a população seja deslocada.

kiribati-001

Suas praias de águas cristalinas com areias claras e vegetação tropical quase intocada fazem de Kiribati é verdadeiro paraíso. Entre as principais atrações estão a observação de pássaros, mergulho, surfe, pescaria, passeios históricos que remetem à segunda guerra mundial e a receptividade da população local. Apenas duas companhias aéreas realizam voos à Kiribati. Portanto, os turistas interessados em conhecer as ilhas precisam partir de Fiji, Brisbane, na Austrália, ou de algumas ilhas vizinhas.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>