Google+
 

Destinos baratos e imperdíveis na América do Sul – Parte 2

Se ainda em 2018 seu desejo é explorar o seu próprio continente, anime-se: não faltam opções de destinos baratos na América do Sul para visitar. Praias, desertos, cidades históricas, ilhas, sítios arqueológicos, parques naturais… a lista pode ser infinita. Confira mais seis destinos na América do Sul para visitar:

Rota dos 7 Lagos, Argentina

Rota-dos-7-Lagos-Argentina

Nunca um simples deslocamento entre cidades foi tão lindo: o caminho de 107 quilômetros que une as cidades de San Martin de Los Andes e Villa La Angostura, na Argentina, ganhou o nome de Rota dos 7 Lagos (ou Caminho dos Sete Lagos) e oferece algumas das mais belas paisagens da Patagônia argentina.

Apesar de levar o número 7 no nome, a rota possui na verdade 9 ou 10 lagoas, ainda que os mais conhecidos sejam Correntoso, Escondido, Espejo, Falkner, Machónico, Villarino e Lácar. Um mais lindo que outro, com águas que variam do verde ao azul intensos.

Uma dica: evite fazer a roda de ônibus, pois não há muitos pontos pelo caminho e a viagem pode ficaria um tanto cara. A melhor opção é alugar um carro e dividir com amigos ou outros viajantes – mais barato e diversão extra!

Cabo Polonio, Uruguai

destinos-baratos-america-do-sul-Cabo-Polonio-2

Que tal se o seu próximo destino de viagem fosse um pequeno povoado sem luz elétrica, internet ou asfalto? Difícil de imaginar? Pois com a paisagem que Cabo Polonio, no Uruguai, oferece, nenhuma modernidade vai fazer muita falta.

A península localizada a 260 km de Montevidéu é considerado por seus visitantes um lugar mágico. Praias praticamente desertas, enormes dunas ao redor da cidade, leões marinhos quase sempre presentes nas ilhas da costa, e um céu estrelado com um pôr do sol dos mais belos já vistos, fazem parte do “pacote”.

O acesso ao balneário é restrito – a estrada mais próxima fica a 7 km, e chega-se a cavalo ou por carros 4×4. A pequena população é formada principalmente por pescadores, artesãos e funcionários do farol. Mas para os mais assustados, um alívio: muitos estabelecimentos da região possuem gerador próprio, então ninguém vai ficar no escuro o tempo todo.

Encarnación, Paraguai

destinos-baratos-america-do-sul-Encarnacion

Ganhando crescente fama por sua praia e pelo seu carnaval, Encarnación, terceira cidade mais importantes do Paraguai, é apelidada por seus moradores como o “novo Rio de Janeiro”. Exagero ou não, a cidade esbanja atrativos naturais e culturais e merece mesmo uma visita.

Importante polo comercial e industrial do país, Encarnación está diretamente conectada à cidade de Posadas, na Argentina, através da ponte San Roque González de Santa Cruz que cruza sobre o Rio Paraná. A cidade dispõe de uma boa infra-estrutura turística, com hotéis e restaurantes de boa variedade e preços atrativos. É conhecida como a “Capital do Carnaval”, por causa das animadas festas do Carnaval Encarnaceno em fevereiro.

Vale também visitar, ali perto, as ruínas das missões jesuíticas da Santíssima Trindade do Paraná, de Jesus de Tavarangué (o único Patrimônio da Humanidade pela UNESCO do Paraguai) e o oratório da Virgem de Itacuá.

Paramaribo, Suriname

Paramaribo-Suriname-Mesquita-Keizerstraat

Eis um país e sua capital que quase nunca estão na lista de lugares para ser visitado, mas que merecem mais atenção. Na ponta nordeste da América do Sul, um tanto isolada mas com ar cosmopolita, Paramaribo, capital do Suriname, tem uma rica arquitetura colonial e uma fascinante diversidade étnica.

A população de pouco mais de 250 mil habitantes é um mescla de indianos, indígenas, javaneses, africanos e descendentes de holandeses (que deixaram o idioma oficial após a colonização). E os traços de todas essas culturas estão espalhadas pela cidade.

Entre as atrações principais, estão o centro histórico, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO – incluindo a bela Basílica de São Pedro e Paulo, uma das maiores construções de madeira do mundo – o Mercado Central, o forte Zeelandia, a sinagoga Neve Shalom e a Mesquita Keizerstraat.

Salta, Argentina

Salta-Argentina1

“Salta, la linda” é o apelido dado pelos argentinos a esta cidadezinha a leste da Cordilheira dos Andes, no Vale de Lerma. E realmente não tem como questionar o nome. Localizada a mais de mil metros de altitude, sua posição geográfica mistura desertos áridos de terra vermelha, montanhas nevadas, rios e vales.

Salta é famosa por sua forte herança colonial, com casas tradicionais, ruas estreitas e monumentos. É também marcada pelo folclore do norte da Argentina, com suas comidas, danças e músicas típicas (zamba, chacarera). Da era colonial, destacam-se a Igreja e Convento de São Bernardo, e o Cabildo, o prédio mais antigo da cidade – dos idos de 1780 – e hoje sede do Museu Histórico do Norte e do Museu Colonial e das Belas Artes.

A cidade é também o início do itinerário do “Trem das Nuvens”, que faz um fascinante passeio pela região de La Puna, subindo a encosta dos Andes e indo até San Antonio de los Cobres.

Baños, Equador

Banos-Equador

Cercada por três vulcões, a pequena Baños de Agua Santa (ou simplesmente Baños) é parada obrigatória para quem está em busca de aventura e natureza no Equador. Fica na província de Tungurahua, na parte central do pais, e é conhecida como o “Portão para a Amazônia”, por estar às margens do rio Pastaza na bacia do rio Amazonas.

Famosa por suas fontes hidrotermais de água mineral, Baños é também um centro de peregrinação religioso católico, por acreditarem que a Virgem Maria apareceu próximo a uma cachoeira – a imagem da Virgen de Agua Santa foi colocada na catedral local.

Não dá para deixar de mencionar também a “La Casa del Arbol”, a casa na árvore ode fica o famoso “balanço do fim do mundo” (na foto acima). Há algumas trilhas que levam até o local, ou pode-se ir de ônibus ou táxi (o câmbio vai ajudar nesse caso).

Fonte: Momondo

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>