Google+
 

Category Archives: Tecnologia

Aeronave residencial

Os bilionários que se cansarem de navegar em seus megaiates podem arrumar um hobby bem interessante no futuro. É que a empresa inglesa Andrew Winch Designs, responsável pelos projetos de algumas das embarcações, jatos e residências mais luxuosos do mundo, divulgou o protótipo da Halo, uma aeronave residencial que terá o tamanho de um campo de futebol e nada menos do que 20 quartos, spa, sala de cinema e boate!

halo_abre

Segundo a empresa, o sonho pode não estar tão longe de acontecer, e se tiver compradores dispostos a pagar US$ 330 milhões pelo brinquedo, ele pode ser lançado em apenas 10 anos. A Andrew Winch também já falou que um protótipo na aeronave já voou em 2013 e recebeu a certificação da Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos.

halo2-copy-980x600

A aeronave, que voará por meio de turbinas, também poderá descer até o nível do mar. Quando pousar, se transformará em uma ilha artificial, de onde será possível sair para nadar. Como a Halo só voará até 3.657 metros, ela não precisará ser pressurizada, e poderá flutuar sobre áreas urbanas sem problemas. Para aproveitar a paisagem, algumas das áreas da aeronave terão o chão transparente. Já imaginou? :)

Fonte: Glamurama

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Viagem supersônica

No futuro, talvez você possa viajar de Fortaleza a Miami em apenas 30 minutos! O meio de transporte será o Skeemr, um jato supersônico que poderá atingir velocidade Mach 10, ou seja, dez vezes a velocidade do som. Isso é o equivalente a 12.240 km/h.

Idealizado pelo engenheiro mecânico Charles Bombardier, o veículo teria capacidade para carregar até 75 passageiros e voaria cinco vezes mais rapidamente que o Concorde – um avião comercial supersônico anglo-francês aposentado em 2003.

size_810_16_9_skreemr_airplane

Caso o projeto se torne realidade, o avião decolará com a ajuda de um sistema magnético movido a eletricidade. Além disso, a pista teria que ser longa o suficiente para atingir a velocidade supersônica de uma forma que não seja brusca demais para os passageiros. Depois, com a ajuda de foguetes de propulsão movidos a oxigênio e querosene, a aeronave iria decolar e atingir uma velocidade de Mach 4 (1.360 m/s ou 4.900 km/h). Para acelerar até Mach 10, o piloto ativaria o motor principal e queimaria hidrogênio e oxigênio comprimidos.

De acordo com Bombardier, os motores do avião estão sendo desenvolvidos pelos Estados Unidos e pela a China. Levará anos para ver os motores em drones militares. Mas talvez, em um futuro distante, eles possam ser usados por passageiros para atravessar oceanos em alta velocidade, conforme disse o engenheiro em um artigo. Já imaginou?

I8D6B21nb1XRS

Fonte: Exame

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Pra ajudar quem tem medo de avião

aviao-app-skyguru

Praticamente todo mundo adora viajar, mas para muitas pessoas, encarar um vôo de avião é motivo de tensão que começa muito antes do passeio. Há até quem pense duas vezes antes de comprar uma passagem – e você com certeza conhece alguém assim. Mas um aplicativo promete acalmar os ânimos dos mais ansiosos.

Durante os últimos oito anos, o psicólogo da Universidade de Jerusalém, Aleksei Guervash, tem estudado o problema de aerofobia. O resultado de suas pesquisas é o aplicativo SkyGuru, cujo objetivo é fornecer informações que normalmente só estão disponíveis para a tripulação do voo, como procedimentos de pouso e decolagem, detalhes da rota e as chances de turbulência.

aviao-skyguru

O aplicativo – que está disponível apenas para iOS, mas tem previsão que se estenda para Android em breve – utiliza os sensores do aparelho para definir a rota voada e captar movimentos inesperados. Por meio de bússolas, acelerômetros, barômetros e microfones, o SkyGuru constrói o cenário que está acontecendo durante o voo e, em seguida, mostra mensagens de apoio ao passageiro.

Para usar as funções é preciso inserir os detalhes do vôo 24 horas antes da decolagem, caso contrário, o aparelho não conseguirá carregar as informações do trajeto e a previsão do tempo. A vantagem é que não é necessário ter uma conexão wi-fi durante o voo, pois ele funciona no “modo avião”.  Você usaria este app?

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os funcionários deste hotel são robôs

henna-hotel3

O Japão, este maravilhoso país que sempre nos surpreende com as mais inusitadas novidades tecnológicas! A última invenção, em termos de turismo e hotelaria, é o primeiro hotel gerenciado por robôs, onde até o staff completo é composto por máquinas. Parece ficção científica, mas o Henn-na, como foi batizado o estabelecimento, foi inaugurado em meados de 2015 e fica próximo à cidade de Nagasaki.

henna-hotel4

Cinco estrelas, o hotel cujo nome pode ser traduzido como “Hotel Estranho” foi idealizado para ser um lugar onde os hóspedes se sentissem confortáveis com um ambiente agradável, um preço que coubesse no bolso e ainda assim moderno e divertido. E a tecnologia, claro, é o grande barato do lugar: até o acesso aos quartos é feito com reconhecimento facial.

henna-hotel2

Já na recepção, você encontra um robô que imita humano e fala em japonês, um robô dinossauro que fala inglês (feito principalmente para atrair crianças) e um terceiro que se assemelha aos robôs que estamos acostumados a ver. De acordo com a direção do hotel, é possível ter uma conversação amigável e inteligente com os robôs enquanto eles fazem o trabalho deles. Já o cloak robô, semelhante a um robô industrial, é usado para pegar malas pequenas e outros pertences e armazenar em armários.

henna-hotel5

Todos os 72 quartos possuem um tablet para que você possa pedir o serviço de quarto, por exemplo, sem necessidade do telefone. Em uma entrevista a CBS, o presidente da companhia que idealizou o Henn-na disse que os robôs não são baratos mas que num comparativo com a folha de pagamento anual com humanos os robôs são eficazes em termos de custo e como a tecnologia sempre evolui e traz melhorias, num futuro pode vir a ser mais barata. Ele espera que, no futuro, sejam construídos em torno de mil hotéis similares a esse ao redor do mundo.

henna-hotel16-600x441

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Casa de espetáculos inflável e itinerante

ark-nova-5

Certas jóias da arquitetura e do design são tão incríveis, que dá até pena por ficarem em apenas um lugar fixo, só ao alcance de um público específico. Pois eis que ficamos sabendo da Ark Nova, a primeira casa de espetáculos inflável e móvel do mundo, de autoria do arquiteto japonês Arata Isozaki e do escultor inglês Anish Kapoor.

ark-nova-2

Montada para receber o Lucerne Festival Ark Nova, a casa estreou em um parque na cidade de Matsushima, no Japão, com intuito de compensar a falta de locais do tipo, ocasionada pelos então recentes terremotos. Trata-se de uma estrutura de ar com equipamentos de som e materiais econômicos e sustentáveis em seu interior, como bancos feitos a partir da madeira danificada pelo desastre na região.

ark-nova-4

Com 18 metros de altura e 35 de largura, a estrutura pode ser dobrada e o equipamento desmontado e levado por caminhões para qualquer outro lugar. A capacidade do lugar é de 500 pessoas e, dependendo do arranjo de seu mobiliário, pode acomodar diversos tipos de eventos. Será a construção do futuro, onde um mesmo edifício pode atender necessidades de localidades diferentes?

ark-nova-3

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Visita guiada ao toque da tela

Visitar grandes museus pelo mundo é uma delícia, mas também pode significar se perder em centenas de corredores, enfrentar filas de turistas e correr o risco de esquecer alguma obra importante. Você já passou por situações assim? Pois a tecnologia já permite facilitar a vida dos visitantes e aliviar este sofrimento todo.

muzeums-03

Um novo aplicativo, batizado de Muzeums, faz uma curadoria para o usuário, criando visitas realmente personalizadas de acordo com o perfil e interesses do visitante. A ferramenta permite criar uma espécie de audio-guide especialmente voltado para os seus interesses, criando um roteiro com as obras que desejar visitar e não deixando perder a chance de ver um determinado ponto que passaria batido.

Stedelijk Museum, em Amsterdã, e o Museum of Contemporary Art de Cleveland, nos EUA, são instituições culturais que já oferecem tours baseados nos interesses dos visitantes, mas é aí que está o diferencial do Muzeums: qualquer museu ou galeria pode proporcionar estas visitas personalizadas ao público. E não para por aí, já que, pensando mais além, o recurso também pode ser utilizado em parques, monumentos históricos, jardins botânicos e outros locais. 

moca-2-small-1024x731

 Informações: Chicken or Pasta

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Um novo olhar para o céu das grandes metrópoles

Como seria o céu das metrópoles sem luzes, fumaça e poluição? Para tentar responder a essa pergunta o artista francês Thierry Cohen fotografou grandes cidades à noite, anotando hora, ângulo, latitude, longitude e altitude.

Usando os dados coletados como referencial, Cohen se deslocou para outras regiões que tivessem o ar limpo e pouca influência de luzes artificiais. Aproveitando-se do movimento de rotação da Terra, o artista conseguiu captar aquele mesmo céu só que dessa vez com estrelas e constelações aparentes.

O resultado do trabalho é uma montagem que utiliza a fotografia de cada cidade com o céu que veríamos sem a influência da luminosidade e da poluição.

San Francisco 37° 48’ 30’’ N 2010-10-09 lst 20:58

Tokyo 35° 41’ 36’’ N 2011-11-16 lst 23:16

Cities-under-natural-light

paris-skyline-dome

Rio-de-janeiro


Fonte: Polo Criativo

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Viagem com design e praticidade

Apesar de ter nascido em Toronto, Canadá, Oki Sato é considerado um dos 100 homens mais respeitados do Japão, onde também se formou. Ele está à frente do estúdio de design Nendo, marca super cool que fundou em 2002. Com uma simplicidade genial, os produtos da empresa são cobiçados em lojas e feiras de design no mundo inteiro.

malas_nendo_1

Uma das mais recentes empreitadas de Sato vai cair nas graças de quem ama viajar com estilo e praticidade. Trata-se de uma coleção de malas lançada pela Fabbrica Pelletterie Milano, que deve chegar ao mercado internacional em breve.

malas_nendo_8

As malas híbridad têm o corpo de policarbonato rígido, que oferece proteção com leveza. Já a tampa de material têxtil permite mais facilidade ao abrir a mala. A peça foi batizada de Kame, tartaruga em japonês, graças à sua semelhança estrutural com o animal.

malas_nendo_7

Neste caso, o “casco” se dobra em dois sentidos, o que permite que se abra somente parte da mala para retirar algo de dentro, facilitando a operação em espaços apertados como carros, corredores e aeroportos lotados. Como se trata de uma mala de bordo, com 55 cm de altura, essa é uma característica importante.

Que tal viajar na companhia da Nendo?

malas_nendo_9

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Turismo Espacial em um futuro próximo

A viagem espacial comercial está sendo especulada desde que o homem foi à lua, em 1969. Mas, ao que parece, ela finalmente está próxima de acontecer. A Virgin Galactic, empresa do grupo americano Virgin, já começou a vender suas passagens. Pelo menos 650 pessoas já garantiram sua reserva, que pode ser feita pelo site da empresa.

terra-espaco-53705

O preço é para poucos: US$ 200 mil pelo pacote que inclui viagem, treinamento e preparação para ultrapassar a velocidade do som e permanecer quatro minutos flutuando na nave espacial em gravidade zero. A reserva requer o depósito de um sinal que varia de US$ 20 mil a US$ 200 mil.

skes_0026

A empresa planeja, inicialmente, realizar um vôo por semana e quer alcançar a marca de até dois por dia, e afirma que trabalhará para reduzir a tarifa espacial o mais rápido e o quanto possível.  Em fase final de testes, a chamada SpaceShip 2, comporta apenas seis passageiros e dois pilotos por viagem. Ela não é lançada verticalmente, como os foguetes, mas acoplada a uma aeronave que a leva até uma certa altitude da onde é lançada.

2012-497808624-20120228105008023rts.jpg_20120228

Ao chegar no espaço, pela janela, o passageiro vê a Terra azul e ouve o silêncio absoluto. O motor é desligado e os novos astronautas podem pairar no espaço por quatro minutos. Ao retornar à atmosfera terrestre, a SpaceShip tem o processo de pouso semelhante ao de uma aeronave comum. Da decolagem ao pouso, a viagem dura apenas 90 minutos.

118699_Papel-de-Parede-ZEUS-OS-X-Terra-Vista-do-Espaco_1680x1050

De acordo com a operadora de turismo espacial, a tecnologia desenvolvida reduz os riscos. O espaço dentro da nave é simples e a viagem não é o que podemos chamar de confortável, mas a experiência é realmente um privilegio!

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Museu automobilístico Mercedes Benz

museu1

Situada às margens da Floresta Negra, Stuttgard é terra natal de marcas famosas como Mercedes Benz e Daimler. Juntas, as duas fabricantes de automóveis, que abriram suas portas em 1886, recebem os turistas com um museu dedicado à história do design automotivo.

museu2

O prédio, uma maravilha arquitetônica criada pelo escritório holandês UN Studio, Van Berkel & Bos, tem uma exposição permanente de mais de 170 exemplares espetaculares, criados pelas duas marcas nos últimos 120 anos.

Museu-Mercedes-Benz-11

O legendário Mercedes Simpex; o Benz Parsifal, do Imperador Hirohito, do Japão; o Roadster feito sob medida para a Princesa Diana e o ônibus original no qual viajava a seleção alemã, vencedora da Copa de 1974: todos estão dispostos no museu.

Fonte: Mapa-mundi

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone