Google+
 

Category Archives: Notícias

Novo parque de diversões em Paris

O conglomerado de moda mais famoso do mundo, a LVMH, detentora de marcas como Louis Vuitton, Givenchy e Céline, está há anos planejando expandir seus negócios e se aventurar pelos parques de diversões. Está nos planos do grupo francês inaugurar o segundo ou terceiro maior parque de toda a França (o primeiro deles é a Disneyland Paris).

parque-LVMH

O projeto finalmente saiu do papel e a construção já começou no início deste mês. Ela tem estimativa de custar cerca de US$72 milhões e deverá durar até o mês de maio de 2018. Até lá serão construídas 17 atrações seguindo o tema “steampunk“, pra quem não sabe um subgênero da ficção científica que se popularizou no fim dos anos 80 e início dos 90 com o lançamento do filme “Mad Max”, e é inspirado nos livros de Julio Verne (“Viagem ao Centro da Terra”, “20.000 Léguas Submarinas” e “Volta ao Mundo em 80 Dias”).

steampunk

Partindo dessa estética, a LVMH espera reunir cerca de 3 milhões de visitantes anuais para o parque, que continuará bem atrás da Disneyland Paris, mas tem intenções de se tornar um dos principais pontos turísticos de Paris muito em breve.

Fonte: Petiscos

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Novas áreas verdes nas grandes cidades

Depois da criação do High Line Park, parque público em Nova York construído sobre trilhos antigos a dez metros do chão, projetos deste tipo vêm surgindo em várias cidades do mundo. Muitas metrópoles estão investindo na ideia, tanto para resgatar um pouco da natureza perdida na urbanização, quanto para oferecer à população um espaço agradável e familiar, com uma vista.

O High Line Park, em Nova York

O High Line Park, em Nova York

Enquanto alguns destes projetos seguem à risca o plano do High Line de reutilizar as linhas ferroviárias abandonadas, muitos estão simplesmente plantando árvores e caminhos bucólicos por onde podem.

01_sanfran

São Francisco, Califórnia

Em São Francisco, na Califórnia, o mais novo parque estará no topo do centro financeiro, bem no meio das vias de trânsito. Já Seul, na Coréia do Sul, está transformando um viaduto feio em um exuberante jardim, que cortará a cidade.

02_seoul

Seul, Coréia do Sul

Londres também está seguindo a tendência e está projetando um jardim sobre uma ponte. Enquanto isso, a mais bela vista de Manhattan agora pode ser encontrada em Governors Island, onde paisagistas ergueram quatro montanhas artificiais.

01_london

Londres, Inglaterra

01_manhattan

Manhattan, Nova York

Que tal esta nova tendência verde das grandes cidades?

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Primeiro museu de moda em Paris

Pensar em Paris e não associar automaticamente à moda é praticamente impossível. Mais impensável ainda é saber que a cidade da luz tem tudo menos um museu permanente sobre a vertente artística. Com tantos nomes históricos, como Coco Chanel, Christian Dior e Yves Saint Laurent, não tinha outra saída para o governo local a não ser investir em um espaço cultural exclusivo para prestigiar os estilistas. O projeto promissor entrará para a lista das atividades turísticas para fazer in loco, claro, e teve apoio da House of Chanel, com uma contribuição de € 5.7 milhões (aproximadamente, R$ 19 milhões).

palais-galleria-chanel-001

O local escolhido para abrigar as exposições itinerantes e permanentes foi o Palais Galliera, já conhecido entre os parisienses como o “museu da moda”. Contudo, o status ainda não era oficial. “Essa iniciativa representa nosso compromisso com a criação e a força de Paris, que fazem parte da essência do negócio da Chanel”, declarou Bruno Pavlovsky, presidente da área de moda da maison.

O valor doado pela Chanel será destinado para criar novos ambientes no subsolo do Palais Galliera para exibições permanentes e serão intitulados Gabrielle Chanel Rooms. O espaço de 670 m² terá a primeira exposição fashion permanente de Paris, dedicada à história da moda do século XVIII até os dias de hoje, a partir do acervo do museu, que conta com mais de 200 mil itens, entre roupas, acessórios, fotos e obras de arte. A iniciativa também inclui programações de oficinas, cursos e uma biblioteca, tudo com viés voltado para a moda. O térreo continuará como espaço para mostras temporárias. A inauguração está prevista para 2019. Aguardamos ansiosos!

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Do Brasil à Europa em uma low cost

A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou uma parceria com a Air Europa para voos diretos entre a cidade espanhola de Madri e 16 países do continente americano, como Brasil, Estados Unidos, Argentina, Bolívia, Colômbia, Uruguai, República Dominicana e Equador.

No Brasil, os voos irão chegar a (e sair de) São Paulo e Salvador. As viagens entre Madri e o território brasileiro serão operadas pela Air Europa, mas as passagens poderão ser compradas pelo site da Ryanair.

ryanair-aircraft-2

Por enquanto, os preços dos tíquetes, que já estão à venda, não estão mais baratos do que os oferecidos por outras empresas que fazem a mesma rota. Mas a Ryanair promete, até o fim deste ano, vender passagens com conexões com sua nova parceira.

Com isso, o viajante poderá, por exemplo, adquirir na mesma compra um voo entre o Brasil e a capital espanhola operado pela Air Europa e um tíquete de baixo custo da Ryanair entre Madri e outros destinos europeus.

No mesmo comunicado oficial que anuncia a novidade, Michael O’Leary, CEO da Ryanair, afirmou que a empresa está negociando outras uniões do tipo. O objetivo, de acordo com ele, é “transformar a Ryanair em uma espécie de ‘Amazon’ das viagens”.

Fonte: Viagem e Turismo

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Viagem supersônica

No futuro, talvez você possa viajar de Fortaleza a Miami em apenas 30 minutos! O meio de transporte será o Skeemr, um jato supersônico que poderá atingir velocidade Mach 10, ou seja, dez vezes a velocidade do som. Isso é o equivalente a 12.240 km/h.

Idealizado pelo engenheiro mecânico Charles Bombardier, o veículo teria capacidade para carregar até 75 passageiros e voaria cinco vezes mais rapidamente que o Concorde – um avião comercial supersônico anglo-francês aposentado em 2003.

size_810_16_9_skreemr_airplane

Caso o projeto se torne realidade, o avião decolará com a ajuda de um sistema magnético movido a eletricidade. Além disso, a pista teria que ser longa o suficiente para atingir a velocidade supersônica de uma forma que não seja brusca demais para os passageiros. Depois, com a ajuda de foguetes de propulsão movidos a oxigênio e querosene, a aeronave iria decolar e atingir uma velocidade de Mach 4 (1.360 m/s ou 4.900 km/h). Para acelerar até Mach 10, o piloto ativaria o motor principal e queimaria hidrogênio e oxigênio comprimidos.

De acordo com Bombardier, os motores do avião estão sendo desenvolvidos pelos Estados Unidos e pela a China. Levará anos para ver os motores em drones militares. Mas talvez, em um futuro distante, eles possam ser usados por passageiros para atravessar oceanos em alta velocidade, conforme disse o engenheiro em um artigo. Já imaginou?

I8D6B21nb1XRS

Fonte: Exame

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Cristo Redentor da Suíça

Para visitar o Cristo Redentor, é preciso estar no Rio de Janeiro, certo? Errado! A cidade de Pfaefers, no oeste suíço, ganhou uma réplica da estátua que é um dos principais pontos turísticos do Brasil. Com 11 metros e 2,4 toneladas, ela foi levada de helicóptero até as montanhas Guschastein.

cristo-redentor-5

A estátua foi previamente colocada na cidade de Bad Ragaz, onde também ficava no topo de uma montanha. Mas um referendo organizado pela prefeitura mostrou que os moradores eram contra a permanência do Cristo.

cristo-redentor-31

De acordo com o jornal regional “Tagblat”, a estátua vai permanecer no local, a 243,84 metros acima do vale, por pelo menos cinco anos. Apesar de gigante, a estátua nem se compara ao Cristo Redentor original, no Rio de Janeiro, que tem 38 metros de comprimento.

cristo-redentor-4

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Um trem para o Grand Canyon

Quem já visitou o Grand Canyon sabe que o lugar guarda paisagens de tirar o fôlego! Mas já pensou se locomover por dentro dele? Inicialmente proposto em 2012, o projeto Grand Canyon Escalade, que pretende criar uma linha de trem na parte leste da região, deu um passo à frente: a organização da iniciativa desenvolveu uma legislação e aguarda a aprovação dos Índios Navajos, nativos da região.

gettyimages-452873320

Se sair do papel, a linha contará com 2.3 km e poderá transportar dez mil pessoas diariamente em suas gôndolas. O trajeto durará dez minutos e percorrerá o caminho entre o rio Colorado e o rio Pequeno Colorado.

escalade

A base do Canyon teria um espaço para oferecer turismo educacional, além de experiências e vivências da região através de caminhadas e aulas. O projeto ainda prevê um Discovery Center, espaço de apresentações para promover experiências culturais e históricas através de eventos.

gce-ampitheatre-riverwalk-seating-950x649

A proposta afirma que a iniciativa gerará empregos e facilitará o acesso à base do Canyon. Por outro lado, ativistas afirmam que este tipo de turismo pode ser maléfico para a natureza. Vamos ficar de olho!

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ciclovia iluminada

starry-night-580x362

Andar de bicicleta por aí é uma delícia – seja para passear ou para se locomover fugindo do trânsito. Mas convenhamos, sair de bike à noite não é tão fácil quando falta iluminação e visibilidade. Para resolver isso de uma forma incrível uma tecnologia já está sendo usada na Europa. Há alguns anos o estúdio Roosegaarde criou um material que absorve a luz do sol durante o dia e a noite ilumina a ciclovia perto de Eindhoven, na Holanda. Ela ganhou o nome de “Starry Night” (Noite estrelada), em homenagem à pintura do artista holandês Van Gogh (foto acima).

ciclovia-580x315

Inspirados por essa ciclovia tão poética, técnicos do TPA Instytut Badań Technicznych, em Lidzbark Warminski, no norte da Polônia, desenvolveram um novo e melhor revestimento sintético (ainda em fase de testes) que se ilumina com a carga da energia solar. O calçamento, que tem um espaço para pedestres e outro para os ciclistas, brilha por dez horas seguidas após um dia ensolarado e permite que os moradores do lugarejo com 16.569 habitantes e castelos medievais façam seus passeios depois que o sol se põe. A ideia é levar, posteriormente, a tecnologia para outros lugares do mundo.

polonia-580x386

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Fique de olho na renovação do passaporte

Se você planeja uma viagem internacional em breve, é bom ficar de olho na validade do passaporte: o prazo para a entrega do documento aumentou. Como vários países exigem que ele tenha validade de, no mínimo, seis meses a partir da data de retorno, este simples detalhe pode até colocar um ponto final nas férias, antes mesmo dela começar.

passaporte

Segundo o portal G1, a Polícia Federal estendeu o prazo para a emissão de passaporte, de uma semana a 10 dias, para no mínimo um mês. Essa demora no serviço foi ocasionada pela falta de papel moeda da Casa da Moeda. A instituição informou teve problema com um dos fornecedores do material, o que causaria o atraso na entrega dos documentos. A expectativa é que a situação seja regularizada em breve. Já os casos de emergência serão avaliados de forma individual.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Viajando com Four Seasons

Líder mundial em hotelaria de luxo, o Four Seasons Hotels and Resorts anunciou três novos roteiros doFour Seasons Private Jet a partir de 2017. Partindo em maio do ano que vem, os novos itinerários começam comDescobertas Culinárias e levam os viajantes para alguns dos melhores destinos gastronômicos do mundo, como Copenhague, Florença e Paris. O objetivo é conectar seus hóspedes com cidades e tradições, que definem os paladares e sabores da gastronomia mundial.

JTT_028_aspect16x91

Desenvolvido em parceria com um dos melhores restaurantes do mundo, o Noma, com seu aclamado chef René Redzepi, o projeto acompanha o dia a dia que influencia as cozinhas locais, como visitas a marcos históricos e a busca pelos melhores produtos culinários em mercados e produtores.“Este novo roteiro exemplifica a tradição de inovação da marca ao planejar vivências excepcionais e inesquecíveis”, afirma a vice-presidente sênior de Marketing e Comunicação do Four Seasons, Elizabeth Pizzinato.

Além do Descobertas Culinárias, a rede de hotéis apresenta em 2017 um novo formato do roteiro ao redor do mundo, Global Getaway, além de uma versão atualizada do International Intrigue. Os itinerários de 2017 do Four Seasons Jet têm preços a partir de USD 135 mil por pessoa, algo em torno de R$ 473 mil.

Todos os roteiros incluem transporte aéreo e em terra, passeios, refeições e bebidas, e hospedagem em hotéis e resorts do Four Seasons.

Fonte: RG

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone