Google+
 

Category Archives: Luxo

Casamento de bilionário

Cerimônias de casamentos em destinos paradisíacos já não são mais novidade. Muitos casais apaixonados optam pelos chamados “destination weddings”, festas que normalmente têm paisagens naturais como pano de fundo, e para onde o grupo seleto de convidados arruma as malas para participar. Este tipo de casório não costuma sair barato, mas um resort no México aposta no altíssimo luxo para tornar o enlace dos pombinhos uma experiência inesquecível para todos.

grand-velas-riviera-maya-mexico-luxury-resort-home2-top-900x499

Quem estiver disposto a investir pode realizar um casamentos bilionário nos resorts da companhia Grand Velas, no México, com uma série de etapas luxuosas que inclui até viagem de avião particular, com direito a massagens e serviço de bordo especializado! O pacote, que foi batizado justamente de “Casamento de Bilionário”, custa nada menos que 2,5 milhões de dólares e está disponível nas unidades do resort na Riviera Maya e Riviera Nayarit.

grand-velas-riviera-maya-mexico-top

A festa começa com uma viagem de avião particular com lugar para 100 convidados, que sai dos Estados Unidos e segue até o México. No hotel, cada convidado recebe um assistente pessoal, além de ter à disposição algumas criações do estilista de Hollywood Michael Costello, que já desenhou para supercelebridades, como Lady Gaga, Beyoncé e Jennifer Lopez. Enquanto isso, os noivos recebem presentes, como shots de tequila, banho aromático e coquetéis preparados para a ocasião.

grand-velas-riviera-nayarit

O lugar, com paisagens cinematográficas e uma arquitetura de cair o queixo, ainda rende belíssimas fotos para a posteridade. Já imaginou?

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ladurée em endereço suíço

laduree1

A confeitaria de luxo Ladurée foi fundada em Paris em 1862 e hoje é sinônimo de macarons – os quais a marca francesa vende 15 mil unidades por dia. Agora, ela inclui cinco segmentos de produtos, que vão desde os famosos doces e chocolates, até itens de beleza e banho.

laduree5

Recentemente, a designer parisiense India Mahdavi comandou a criação de um espaço da Ladurée dentro do hotel Four Seasons, no Quai des Bergues, um dos mais prestigiados endereços de Genebra e que remete na história a 1834.

laduree

Genebra é o lugar perfeito na Europa para desfrutar da elegância e do luxo. A Ladurée já estava presente em certos pontos de venda, mas com a abertura do novo espaço no Four Seasons, os fãs da marca e turistas terão um ponto muito especial para saborear os deliciosos macarons e conhecer todos os produtos da grife.

Ladurée1

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Luxo à beira do mar em Moçambique

familia_05

Nas ilhas Benguerra, que compõem o arquipélago Bazaruto, em Moçambique, um dos poucos espaços habitados oferece uma hospedagem tranquila, com direito a pé na areia e vista para o oceano de águas cristalinas. Ali está situado o Benguerra Lodge, hotel que dispõe de 10 cabanas rústicas – todas recém-reformadas pelo escritório de arquitetura londrino Michaelis Boyd Associates.

familia_03

Elementos típicos da região, como telhados de palha, estrutura de madeira e paredes de junco, permeiam a arquitetura dos 15 quartos existentes, finamente decorados pela designer de interiores Marguerite Louw, que misturou elementos africanos com design colonial português.

dhow_bar_0

As cabanas são interligadas por decks de madeira que, através de um sinuoso caminho arborizado, conduzem até às piscinas de borda infinita em frente ao mar. O escritório de arquitetura também adicionou espaços de lazer na área externa dos quartos, com chuveiros e camas suspensas, protegidas do sol.

benguerra2_061_cabana

Mais escondido na mata está o amplo edifício principal, de madeira e palha, que concentra recepção, restaurante e uma loja. O bar, por sua vez, fica em um lugar curioso: na areia, abrigado por um antigo barco trazido do mar por um ciclone há anos, que foi cuidadosamente restaurado para fornecer bons drinks ao anoitecer.

benguerra2_020_casinha

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Prada inaugura centro cultural na China

A grife italiana Prada acaba de inaugurar um centro cultural em Xangai, China, batizado de Prada Rong Zhai. O espaço, que abrigará eventos e exposições, é uma antiga mansão do início do século XX que foi restaurada pelo arquiteto Roberto Baciocchi.

PradaRongZhai_ph-Osio_X9A3839-HDR

Para marcar o término dos seis anos de reformas, a grife realizou, no último dia 12, uma reapresentação de seu último desfile, que ocorreu originalmente no mês de março deste ano, em Milão. A primeira exposição aberta ao público mostra todo o processo de restauração da mansão e segue em cartaz só até 12 de novembro.

Prada-Rong-Zhai

Para a grife, que já possui três unidades da Fondazione Prada na Itália (2 em Milão e 1 em Veneza), o novo centro é uma forma de reafirmar o compromisso de promover a arte e arquitetura.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Para sonhar com os melhores resorts do mundo

A publicação especializada em turismo Condé Nast Traveler divulgou recentemente sua tradicional lista dos 50 melhores resorts do mundo, com os eleitos de 2017. A seleção é resultado de uma votação feita com os leitores no famoso Readers’ Choice Awards. Confira os 10 primeiros colocados.

1- Naladhu Private Island Maldives – Atol de Malé do Sul, Maldivas

melhores-resorts-do-mundo-01

2- Sanctuary Olonana - Masai Mara, Quênia

melhores-resorts-do-mundo-02

3- Bahia Vik José Ignacio & Playa Vik - José Ignacio, Uruguai

melhores-resorts-do-mundo-03

4- Niyama Private Islands - Atoll Dhaalu, Maldivas

melhores-resorts-do-mundo-04

5- Jumby Bay Island - Antígua

melhores-resorts-do-mundo-05

6- andBeyond Matetsi River Lodge - Matetsi Private Game Reserve, Zimbábue

melhores-resorts-do-mundo-06

7- The Lodge & Spa at Brush Creek Ranch – Saratoga, Wyoming (EUA)

melhores-resorts-do-mundo-07

8- L’Horizon Resort & Spa – Palm Springs, Califórnia (EUA)

melhores-resorts-do-mundo-08

9- Anantara Hua Hin Resort – Tailândia

melhores-resorts-do-mundo-09

 

10- Cuixmala - Costalegre, México

melhores-resorts-do-mundo-10

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Gastronomia com produção local

Entre os hotéis de luxo pelo mundo, há tantas regalias que fica até difícil lançar uma novidade que chame atenção. Mas estes cinco hotéis apostaram em um tipo diferente de “mimo” para seus hóspedes: oferecer comidas de alta gastronomia preparadas com ingredientes e produtos retirados de suas próprias propriedades. Veja a seleção, feita pelo site Glamurama:

O Hacienda Hotel Vira Vira, em Pucón, no Chile, produz 99% dos ingredientes que compõem seus pratos, do café da manhã ao jantar. A fazenda tem cultivo próprio de diversos grãos e batatas, cria cabras, galinhas, vacas, patos e outros, além de cultivar uma grande variedade de frutas e legumes, como alcachofras e aspargos. Os donos do hotel, o casal suíço Claudia e Michael Paravicini, fizeram questão de montar sua própria queijaria e leiteria, e trouxeram um mestre queijeiro para supervisionar a produção. Iogurtes, creme de leite e manteiga são preparados diariamente para deixar a experiência gastronômica ainda mais especial.

hacienda

Procurando por alta gastronomia e também aventura? O Soneva Kiri, na ilha de Koh Kood, na Tailândia, é o local perfeito. Com o conceito único de “slow life”, o hotel fabrica sua própria água, tanto mineral quanto com gás, tem seu próprio apiário e utiliza os ingredientes da sua horta para preparar as delícias servidas em seus restaurantes. Um deles é o Treepod, onde as mesas são como casas na árvore, e lá do alto, além de apreciar a vista única, é possível experimentar as refeições elaboradas – e saudáveis – entregues pelo seu garçom pessoal, que chega de tirolesa.

Soneva Kiri

Para aqueles que procuram gastronomia estrelada, o L’Andana, localizado no coração da Toscana, na Itália, é o lugar. O hotel pertence ao chef Alain Ducasse, 21 vezes estrela Michelin ao longo de sua carreira. Lá, além de cultivar sua própria horta, ele ainda faz iogurte, geleia e marmelada caseiros para o café da manhã. Mas a experiência não acaba por aí: o L’Andana conta com uma vinícola própria com 30 hectares cultivados principalmente de Cabernet Sauvignon, Viogner, Merlot, Alicante, Vermentino e Syrah. Os hóspedes, além de caírem no pecado da gula, podem passear pelas plantações e dar uma parada para degustar os vinhos produzidos por lá. E tem mais: durante os meses de outubro e novembro, a colheita de azeitona acontece para produzir o azeite And’Olio, mais um produto especial do hotel.

L’Andana

Para quem gosta de provar um bom rum, a destilaria Blackwell é uma tradição familiar. Chris Blackwell, dono do hotel Golden Eye, em Oracabessa, na Jamaica, é quem comanda a produção da bebida, feita a partir de uma receita de família. Com base na cana de açúcar, o rum Blackwell é produzido em pequena escala, mas servido à vontade para os hóspedes do hotel que, antigamente, era a casa de Ian Fleming, criador do agente 007. Se pudesse, possivelmente James Bond trocaria seu dry martini por uma dose desse rum!

Golden Eye

Aprender a cozinhar com o badalado chef Willibald Reinbacher e colhendo os ingredientes fresquinhos na hora é uma experiência possível no Shanti Maurice, nas Ilhas Maurício. O resort boutique conta com uma horta orgânica de mais de mil metros quadrados com uma grande variedade de ervas e vegetais como alecrim, erva-limão, coentro, hortelã, beterraba, berinjela, brócolis e cebola. A gastronomia do hotel ainda oferece, além de tudo o que é cultivado por lá, produtos frescos do oceano. Cada restaurante do Shanti Maurice traz uma influência: o Stars é voltado para os sabores sul africanos. Já o cardápio do Fish Shack depende da pesca da noite anterior. Mais fresco, impossível!

shanti

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Parece cenário, mas é o jardim mais valioso do mundo!

Se você está pensando que o jardim mais sofisticado do mundo está repleto de adornos em ouro e diamantes, enganou-se. Mas isso não quer dizer que ele não seja um dos mais especiais recantos naturais: extremamente luxuoso e completamente orgânico, parece até um cenário criado artificialmente.

030leonardslee1dm_800x532-2

Leonardslee Garden, em West Sussex, na Inglaterra é a tradução da exuberância. A  propriedade de 225 hectares é  repleta de belas flores, lagos, cachoeiras e uma imensa gama de espécies de árvores. Os jardins estão cheios de camélias, magnólias, azaleias e orquídeas, entre outras belíssimas flores.

high-beeches-1

O jardim é propriedade de uma família desde que Sir Edmund Loder comprou a terra, em 1889, e abriu ao público após 101 anos. Tudo isso mudou em 2010, quando Robin Loder, que representa a quinta geração de Loders, deveria cuidar dos Leonardslee.

leonardslee_gardens_sussex_600x

No entanto, contra a vontade de outros membros da família, vendeu os jardins pela soma de 7,62 milhões dólares para um comprador anônimo, que desejava  interromper o acesso público aos jardins. A família luta para que o parque seja reaberto outra vez a público, como era da vontade de seu fundador.

leonardslee-gardens-england-6

Os ingleses agora acompanham de perto o desenrolar da história na expectativa da reabertura do parque.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Estadia de celebridade

livingroommickjohn

Para quem quer viver seus quinze minutos de fama, o destino certo é  Nova York! E mais ainda, a mlhor pedida é a suíte The Paparazzi Project no Hotel Row NYC. Idealizada por Ron Galella, literalmente a personificação do termo paparazzo – o fotográfo capturou momentos emblemáticos de celebridades como Mick Jagger, John Lennon e sua musa Jackie O. –,  a suíte de 1000 m² traz decoração elegante inspirada no glamour da Hollywood antiga com direito a fotografias de Galella, sendo algumas delas inéditas. Otoque fashion fica por conta da roupa de cama e banho da Missoni Home.

suitelr2

Para completar o dia de celeb, peça pela projeto The Paparazzi Project: durante duas horas um fotógrafo registra seus melhores momentos dentro do hotel e pela Times Square. Para ficar bem na foto, a programação ainda conta com tratamento de beauté no salão Lionel Renard. Tudo regado a tacinhas de champanhe! Que tal?

suitebedroom1-1

Fonte: Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Caça às trufas negras na Itália

“Diamantes negros da cozinha”. É assim que muitos chefs chamam as raras e caras trufas negras. Elas são cogumelos subterrâneos, comestíveis, do tamanho de uma maçã, que crescem a cerca de 30 cm abaixo da superfície, perto das raízes das árvores – especialmente a do carvalho. Cães treinados farejam os torrões de terra até encontrar a iguaria. Depois, elas são limpas cuidadosamente, para evitar o toque direto com os dedos, o que a levaria ao apodrecimento. Frescas servem como tempero. Cozidas, possuem um sabor intenso e incomparável. Os gourmets garantem: elas são o maior dos prazeres!

fd90e0f1-334b-4c59-a380-e7afc0634c54-1

Sendo o fungo mais caro do mundo, ele se desenvolve sob morros de terra perto das raízes de árvores de carvalho, avelã e outras, e têm sido apreciados durante séculos por seu aroma marcante e seu gosto robusto e completamente desenvolvido. Elas, geralmente, são tão caras quanto os diamantes. Em 2007, um apreciador pagou 330.000 dólares por uma trufa branca de 907 gramas encontrada perto de Pisa, na Itália. Na região do Périgord, na França, as trufas negras rotineiramente custam cinco mil dólares o quilo.

15845978

Para os amantes da culinária e das desta iguaria, está aí uma experiência mágica: caçar trufas! O privilégio acontece na cidade de Norcia, na Umbria, Itália. O passeio é feito através de uma reserva com o Hotel Palazzo Sêneca, na cidade, mas mesmo quem não está hospedado lá pode participar, basta pedir na recepção a organização.

15846018

O trajeto começa de carro até os campos ao redor de Norcia, que possuem uma vista linda da cidade. Dali, os caçadores são apresentados aos cães – a maioria da raça Cocker Spaniel – que já são soltos no campo para farejar as trufas. Aos caçadores, cabe seguí-los. Eles cavam, e pronto: dá-se o processo de colheita das trufas, que nascem sob o solo e, assim que colhidas, possuem um aroma totalmente diferente.

tartufi1

A excursão continua até a colheita ter uma quantidade razoável, o que é variável: há épocas do ano em que ela é farta, mas em outras não. O passeio termina com um piquenique realizado em pleno campo onde que as trufas recém colhidas são lavadas, raladas e misturadas com azeite e sal, para serem servidas em pão quentinho. Simples e único, como são todas as experiências gastronômicas na Itália!

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Novo “hotel palácio” em Paris

O que está acontecendo no mundo dos hotéis de luxo para os ricos e famosos em Paris é uma séria competição, que muitos estão chamando de “Guerra dos Palaces”, devido à reabertura, no dia 5 de julho, do histórico Palace Crillon (oficialmente, Hôtel de Crillon, da rede Rousewood Hotel) na Praça da Concórdia, na Champs-Élysées.

1.hotel_repforbes

Depois de mais de quatro anos de reforma, o prestigiado hotel, propriedade da família real saudita, recuperou seu esplendor e magnificência faraônica. Dono da propriedade desde 2010, o príncipe saudita Mutaib Bin Abdullah Bin Abdulaziz, que o comprou por € 250 milhões, escolheu devolver ao hotel sua grandiosidade original. Ele gastou quase tanto quanto pagou – € 200 milhões – para modernizá-lo com o que há de mais confortável e recente, além de construir um segundo subsolo e reduzir o número de quartos de 147 para 124 para privilegiar refinadas suítes.

2.hotel_repforbes

“A ideia era colocar uma dose de elegância contemporânea no universo do século 18”, relatou a revista semanal francesa “The Nouvel Observateur”. “É preciso reconhecer o sucesso, já que nem sempre é fácil fazer algo moderno e sofisticado a partir de algo antigo.”

O renascimento do Crillon, que foi originalmente inaugurado como um hotel há 98 anos, em 12 de março de 1909, era necessário caso o hotel desejasse entrar na competição não-oficial entre os palaces de Paris – incluindo o Peninsula, inaugurado em 2015, e o Ritz, que foi aberto novamente em 2016 – que a mídia francesa está chamando de “la grande bataille des palaces parisiens”.

5.hotel_repforbes

Uma noite no novo hotel pode variar de € 1.200 a € 32.000. Os quartos têm vista para o Obelisco de Luxor, Jardins das Tulherias e Assembleia Nacional, entre outros marcos da capital francesa. O saguão é decorado com sofás de couro. Um restaurante de ponta, o L’Ecrin, é conduzido pelo chef Christopher Hache. Há, ainda, um restaurante mais casual com um bar.

No novo nível de subsolo foi construída uma piscina magnífica, com teto de vidro e vista para um pátio, um spa decorado com mármore branco, um salão de beleza e uma sala que oferece serviços para homens, como barbeiros e engraxates.

7.hotel_repforbes

Com a reforma do Crillon, Paris oferece, agora, 1.900 quartos “palacianos” – 800 a mais do que há uma década. Dadas as dificuldades encaradas pela indústria do turismo devido aos ataques terroristas na cidade e no país – que afetaram particularmente o mercado de hotéis de luxo -, as expectativas são altas e a competição é acirrada.

3.hotel_repforbes

Fonte: Forbes

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone