Luxo | Blog da HOYA Google+
 

Category Archives: Luxo

Adega no fundo do mar da Croácia

201503111540350_srcset-large

Aos amantes do vinho e do mar, eis aqui um passeio imperdível: na Croácia, mais especificamente na ilha Drače, uma adega submersa está aberta aos visitantes. Na Edivo Vina, os vinhos ficam armazenadas em ânforas, embaixo d’água, por um ou dois anos e, quem não estiver satisfeito em apenas prová-los, pode mergulhar para conhecer o processo de amadurecimento da bebida.

201505271153400_srcset-large

Antes de ir ao mar, o vinho passa três meses em terra firme, armazenado nos jarros de barro com duas alças e estreito no topo. Para não contaminar o líquido com água salgada, as ânforas são vedadas primeiro com cortiça e, depois, recebem duas camadas de borracha. Só então são colocadas no mar, numa estrutura de ferro trancada com cadeados. Por cerca de 700 dias, os recipientes ficam a uma temperatura de 15 a 17 graus.

edivo10040_srcset-large

Os proprietários realizam o método há cinco anos e acreditam que a refrigeração do mar e o silêncio melhoram a qualidade do vinho. Eles ainda aproveitam para vender a garrafa após a estadia aquática, coberta de conchas e corais.

edivo10290_srcset-large

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O melhor spa do mundo

A cerca de uma hora de Munique, após passar pela bucólica zona rural da Bavária e seus infinitos ​​campos amarelos brilhantes, está o famoso Lanserhof, um luxuoso spa médico. O espaço fica nas colinas da elegante cidade de férias alemã de Tegernsee e se tornou sinônimo de medicina integrada, saúde e cura baseada em dietas, em um ambiente 5 estrelas que define uma nova categoria de estilo de vida: a luxuosa medicina detox.

Não é segredo que a desintoxicação e o jejum são uma tendência. No entanto, o Lanserhof não é um local típico de sacrifícios. Em vez disso, é uma clínica médica integrada de serviço completo e spa, que sintetiza o bem-estar holístico em seu auge, enquanto oferece uma experiência intimista (são cerca de 70 quartos) e mima os visitantes a cada contato.

lanserhof-1-1

Isso significa que, enquanto a dieta e a desintoxicação são primordiais, no Lanserhof tem uma abordagem 360 ​​graus que inclui terapias tão variadas que incluem até banhos iônicos para os pés e terapia craniossacral. Tudo combinado com tecnologia de ponta, médicos de classe mundial e um luxuoso ambiente de hotel projetado para relaxamento total.

O método do Lanserhof é baseado nas descobertas de F.X Mayr, que considera a saúde digestiva como a base da saúde geral. Os hóspedes começam do zero, com uma dieta rigorosa com acompanhamento médico (incluindo terapia, medicinas ocidental, oriental e alternativa), tratamentos de spa, atividades físicas e relaxamento.

A instalação de mais de 20 mil m² foi projetada tendo em mente o luxo e o conforto, desde a adequação dos materiais de construção até a relação de cada quarto com a luz do dia, embora a experiência real de desintoxicação possa ser cansativa para alguns. Cafeína e álcool estão fora do cardápio, assim como açúcar, frutas e vegetais (os dois últimos porque fermentam no estômago). Wi-Fi e serviço de telefone são extremamente limitados, pois o detox digital também faz parte do processo. O jantar termina às 18h e os hóspedes já estão na cama às 20h, tudo em nome do bem-estar.

lasenhorf-2

O que separa o Lanserhof de outros spas médicos é que ele é, de fato, é uma clínica médica completa, com profissionais altamente treinados, a maioria especializada em algum tipo de abordagem naturopática. Todo tipo de tratamento está disponível, de ginecologia e odontologia à dermatologia. Alguns clientes até o usam o spa como atenção médica primária. Isso contribui para uma experiência única, pois os hóspedes podem cuidar de sua saúde e experimentar procedimentos mais relaxantes, como tratamentos faciais e wraps de algas marinhas.

Os quartos possuem estilo minimalista, mas refinado. Cada acomodação dispõe de grandes banheiras, toaletes japoneses Toto de última geração e uma varanda com vista para a bela paisagem, enquanto todos os espaços do hotel foram projetados para que os hóspedes encontrem facilmente locais tranquilos para relaxamento. Por ser também um hotel, a hospitalidade é de classe mundial.

O espaço mais maravilhoso da propriedade, no entanto, é a casa de banhos que abriga academia, salas de ioga e relaxamento, saunas e um chuveiro de sensações: uma sala com uma infinidade de duchas exclusivas, para uma experiência de banho divertida. A piscina de água salgada aquecida fica em meio a um grande gramado com vista panorâmica, o que torna a experiência de nadar particularmente especial.

Fonte: Forbes

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ilha só para mulheres

As vezes passar férias em um lugar onde não existam homens é tudo o que uma mulher quer na vida e isso já é possível em grande estilo. Kristina Roth, uma empresária norte-americana, criou a SuperShe Island, uma paradisíaca ilha particular na Finlândia, na costa do Mar Báltico, onde apenas mulheres podem ir.

1517586681253

A ideia surgiu depois que Kristina passou vários feriados restauradores na Califórnia sem a presença masculina e percebeu que poderia ser muito mais divertido do que acompanhada.

1517586881449

Ela ama ambas as experiências (sozinha e acompanhada), mas descobriu que a presença masculina parece mexer com as vibrações relaxantes. “Quando há homens por perto, as mulheres imediatamente colocam o batom”, ela disse ao The Post. A ideia da ilha é concentrar-se em si mesma.

1517594734042

Roth decidiu iniciar a ideia na Finlândia depois de se apaixonar pelo local. “Meus pais possuem uma ilha no arquipélago, e ficavam me dizendo, a ilha ao lado está à venda”, ela contou ao The Post. “Eu disse, não estou interessada, mas uma vez que vi o lugar, me apaixonei pela utopia arborizada”. E ela a comprou. Até o momento, apenas ela e suas amigas estiveram lá, mas a partir de junho a SuperShe Island começará a funcionar.

1517586769637

“Atividades dentro e ao redor da ilha, como trilhas, caiaque, esqui aquático, ioga e alguns cursos sobre temas como nutrição. Será uma experiência de transformação em muitos níveis, para se reinventar, trocar ideias, fazer negócios, entrar em forma e aprender um novo hobby ou dois”, conta a empresária.

Fonte: Hypeness

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Gastronomia com produção local

Entre os hotéis de luxo pelo mundo, há tantas regalias que fica até difícil lançar uma novidade que chame atenção. Mas estes cinco hotéis apostaram em um tipo diferente de “mimo” para seus hóspedes: oferecer comidas de alta gastronomia preparadas com ingredientes e produtos retirados de suas próprias propriedades. Veja a seleção, feita pelo site Glamurama:

O Hacienda Hotel Vira Vira, em Pucón, no Chile, produz 99% dos ingredientes que compõem seus pratos, do café da manhã ao jantar. A fazenda tem cultivo próprio de diversos grãos e batatas, cria cabras, galinhas, vacas, patos e outros, além de cultivar uma grande variedade de frutas e legumes, como alcachofras e aspargos. Os donos do hotel, o casal suíço Claudia e Michael Paravicini, fizeram questão de montar sua própria queijaria e leiteria, e trouxeram um mestre queijeiro para supervisionar a produção. Iogurtes, creme de leite e manteiga são preparados diariamente para deixar a experiência gastronômica ainda mais especial.

hacienda

Procurando por alta gastronomia e também aventura? O Soneva Kiri, na ilha de Koh Kood, na Tailândia, é o local perfeito. Com o conceito único de “slow life”, o hotel fabrica sua própria água, tanto mineral quanto com gás, tem seu próprio apiário e utiliza os ingredientes da sua horta para preparar as delícias servidas em seus restaurantes. Um deles é o Treepod, onde as mesas são como casas na árvore, e lá do alto, além de apreciar a vista única, é possível experimentar as refeições elaboradas – e saudáveis – entregues pelo seu garçom pessoal, que chega de tirolesa.

Soneva Kiri

Para aqueles que procuram gastronomia estrelada, o L’Andana, localizado no coração da Toscana, na Itália, é o lugar. O hotel pertence ao chef Alain Ducasse, 21 vezes estrela Michelin ao longo de sua carreira. Lá, além de cultivar sua própria horta, ele ainda faz iogurte, geleia e marmelada caseiros para o café da manhã. Mas a experiência não acaba por aí: o L’Andana conta com uma vinícola própria com 30 hectares cultivados principalmente de Cabernet Sauvignon, Viogner, Merlot, Alicante, Vermentino e Syrah. Os hóspedes, além de caírem no pecado da gula, podem passear pelas plantações e dar uma parada para degustar os vinhos produzidos por lá. E tem mais: durante os meses de outubro e novembro, a colheita de azeitona acontece para produzir o azeite And’Olio, mais um produto especial do hotel.

L’Andana

Para quem gosta de provar um bom rum, a destilaria Blackwell é uma tradição familiar. Chris Blackwell, dono do hotel Golden Eye, em Oracabessa, na Jamaica, é quem comanda a produção da bebida, feita a partir de uma receita de família. Com base na cana de açúcar, o rum Blackwell é produzido em pequena escala, mas servido à vontade para os hóspedes do hotel que, antigamente, era a casa de Ian Fleming, criador do agente 007. Se pudesse, possivelmente James Bond trocaria seu dry martini por uma dose desse rum!

Golden Eye

Aprender a cozinhar com o badalado chef Willibald Reinbacher e colhendo os ingredientes fresquinhos na hora é uma experiência possível no Shanti Maurice, nas Ilhas Maurício. O resort boutique conta com uma horta orgânica de mais de mil metros quadrados com uma grande variedade de ervas e vegetais como alecrim, erva-limão, coentro, hortelã, beterraba, berinjela, brócolis e cebola. A gastronomia do hotel ainda oferece, além de tudo o que é cultivado por lá, produtos frescos do oceano. Cada restaurante do Shanti Maurice traz uma influência: o Stars é voltado para os sabores sul africanos. Já o cardápio do Fish Shack depende da pesca da noite anterior. Mais fresco, impossível!

shanti

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Luxo à beira do mar em Moçambique

familia_05

Nas ilhas Benguerra, que compõem o arquipélago Bazaruto, em Moçambique, um dos poucos espaços habitados oferece uma hospedagem tranquila, com direito a pé na areia e vista para o oceano de águas cristalinas. Ali está situado o Benguerra Lodge, hotel que dispõe de 10 cabanas rústicas – todas recém-reformadas pelo escritório de arquitetura londrino Michaelis Boyd Associates.

familia_03

Elementos típicos da região, como telhados de palha, estrutura de madeira e paredes de junco, permeiam a arquitetura dos 15 quartos existentes, finamente decorados pela designer de interiores Marguerite Louw, que misturou elementos africanos com design colonial português.

dhow_bar_0

As cabanas são interligadas por decks de madeira que, através de um sinuoso caminho arborizado, conduzem até às piscinas de borda infinita em frente ao mar. O escritório de arquitetura também adicionou espaços de lazer na área externa dos quartos, com chuveiros e camas suspensas, protegidas do sol.

benguerra2_061_cabana

Mais escondido na mata está o amplo edifício principal, de madeira e palha, que concentra recepção, restaurante e uma loja. O bar, por sua vez, fica em um lugar curioso: na areia, abrigado por um antigo barco trazido do mar por um ciclone há anos, que foi cuidadosamente restaurado para fornecer bons drinks ao anoitecer.

benguerra2_020_casinha

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Volta o mundo em 8 meses de cruzeiro

VSun6

Tirar um ano sabático, largar tudo e viajar ao redor de todo mundo é algo que todo mundo deveria fazer ao menos uma vez na vida, mas que praticamente ninguém consegue ou pode. Considerado o mais longo cruzeiro realizado no mundo, o Viking Sun é um navio norueguês de luxo, que justamente produz e realiza para você essa viagem: encorando em 113 portos diferentes em 59 países ao longo de 245 dias, basta subir a bordo do cruzeiro para justamente realizar esse sonho.

VSun5

O cruzeiro sai de Greenwich, na Inglaterra, em agosto, e só volta ao porto original em maio do ano que vem. Os destinos são diversos, começando pela Irlanda e Noruega, e indo até a Groelândia e a Antártica. Estão incluídas também passagem pelo canal de Suez até o Mediterrâneo, Espanha, Portugal, e muito mais.

VSun3

É claro que um pequeno detalhe separa esse sonho da realidade: a passagem para o Viking Sun custa nada menos que 67 mil libras, ou 322 mil reais. O preço, ao menos, inclui passagem área executiva para Londres e todas as refeições, que podem ser selecionadas de 8 diferentes restaurantes dentro do navio, além de experiências exclusivas em cada local aportado.

VSun1

O navio também oferece tudo que se espera de um cruzeiro de luxo, como piscinas, cassinos e spas – e, naturalmente, com um publico seleto: somente 930 passageiros. A próxima viagem será a terceira volta ao mundo do navio, que se diz perfeito para pensadores, músicos, pesquisadores e para quem precisa de tempo e relaxamento.

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Experiências de luxo

Hospedar-se em um hotel estrelado, na maioria das vezes, já é algo muito agradável – ou até inesquecível. Mas, em se tratando da competitiva hotelaria de luxo, o desafio, cada vez mais, é ir além das expectativas. Para seduzir seus hóspedes, as redes têm investido em programas elaborados para quem deseja se aprofundar na cultura local e vivenciar os destinos de forma intensa – às vezes, com muita emoção. Veja algumas das estratégias:

1_ViagensExperiencias_abre_div-800x530

- A experiência proposta pela rede hoteleira Four Seasons é uma road trip a bordo de um carro vintage pelas regiões da Toscana e da Riviera Francesa. O ponto de partida fica à escolha do hóspede: o Four Seasons de Milão, de Florença ou de Cap-Ferrat, na França. É possível customizar o roteiro, passando pelas três propriedades ou apenas duas delas (em trajetos de algumas centenas de quilômetros). Não só a rota, mas o veículo também pode ser escolhido – entre um Giulietta Spider 1960, um Mercedes-Benz 190 SP Cabrio ou um Porsche 356A Speedster. Após a escolha da rota e do carro, um concierge personaliza as paradas durante a viagem conforme as preferências do piloto (priorizando gastronomia, artes etc.). Para maior conforto e segurança, um carro de apoio vai seguir o viajante por todo o percurso. Em cada parada nos hotéis, um chef oferece uma cesta de piquenique (para quando bater a fome no meio da estrada).

2_ViagensExperiencias_div-800x530

- O hotel Shangri-La de Doha, no Catar, tem 272 suítes, mas apenas quem se hospeda nas 38 “signature suites” terão à sua disposição, durante a estadia, um belo carro. As opções são muitas: os hóspedes das suítes executivas podem optar por Audi A8, Mini Cooper ou Lexus LX 570 S; na categoria deluxe, Porsche Cayenne, Maserati Gran Turismo e Range Rover; na Shangri-La Suite (a mais exclusiva de todas), o mimo pode ser uma Ferrari California, um Lamborghini Huracán ou os Mercedes GLE 63 e GTS.

7_ViagensExperiencias_iStock-800x530

- No havaiano Hualalai, da rede Four Seasons, a jornada parte da pista de golfe do resort, onde os aventureiros, a bordo de um helicóptero, seguem pelas montanhas Kohala, onde avistam vales e praias de areia preta. A primeira parada é o piquenique ao lado de uma cascata. Depois, escalada até Kamokuna, ponto entre formações rochosas onde mais de 3,7 milhões de litros de lava escorrem para o oceano a cada hora. Um especialista em vulcões se junta ao grupo para sobrevoar o Kilauea, um dos mais jovens e ativos do mundo, em erupção contínua desde 1983. De volta ao solo, um carro leva os viajantes ao Four Seasons Rainforest Cottage Hideaway, onde serão recebidos com um show de música havaiana e dança ula-ula; na sequência, o jantar. Para fechar a noite, visita à cratera vulcânica Kilauea Caldera para ver a lava incandescente em um cenário noturno. Na manhã seguinte, outro voo sobre as plantações de café Kona (entre dezembro e maio, baleias-jubarte também podem ser vistas). Na volta, última parada em uma praia exclusiva.

3_ViagensExperiencias_div-800x530

- Nada mais justo do que passar um dia de rei enquanto estiver hospedado no palácio onde viveu Roland Bonaparte, sobrinho de Napoleão. Ao comprá-lo, em 2006, o grupo asiático Shangri-La restaurou e transformou a propriedade parisiense em um hotel com 101 suítes, preservando a arquitetura e elementos da época. O dia de rei ou rainha começa no Heliporto de Paris -Issy-les-Moulineaux (JPD), localizado a 15 minutos (de carro) do hotel, onde os convidados são levados para um castelo do século 17 na região da Mancha. Lá são recepcionados por “um conde e uma condessa” para um almoço. No retorno a Paris, uma parada em Deauville, cidade à beira-mar convidativa a um passeio pelas calçadas largas e pelos cassinos. De volta aos ares, o helicóptero sobrevoa a região de Versalhes e seus famosos jardins.

8_ViagensExperiencias_div-1-800x530

- O hotel Riyadh, no arranha-céu Kingdom Centre (Riad, Arábia Saudita), também reserva experiências surpreendentes aos visitantes. Os participantes entram no deserto a bordo de um Cadillac Escalade rumo a Adi Diriyah, onde a família real saudita vivia – hoje Patrimônio Cultural da Unesco. Após admirar a arquitetura original do século 15 e passear pelo mercado central de Al Bujairy, uma visita à atração principal: a falésia popularmente chamada de Edge of the World (o nome original é Jebel Fihrayn), onde o guia explica as formações geológicas da “borda do mundo”. Na beira das montanhas, um almoço saudita e, na sequência, voo de asa-delta. A programação termina com a observação do pôr do sol.

9_ViagensExperiencias_iStock-800x530

- As propriedades Amanwella e Amangalla, ambas do grupo Aman no Sri Lanka, lançaram seus “pacotes de experiências” entre novembro e abril. Os hóspedes viajam em catamarãs para a costa sul do país para observar as baleias das espécies cachalote e azul e os simpáticos golfinhos-rotadores. Os grupos, de no máximo seis pessoas, são acompanhados por chef, capitão e mordomo. No roteiro, paradas em praias particulares, mergulho de snorkel, almoço e, no fim da tarde, petiscos e champanhe para brindar o fim da aventura.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Le Meurice, restaurante de Alain Ducasse, é inspirado em Versalhes

Restaurant-le-Meurice-Alain-Ducasse-Salle-9976-OK-Pierre-Monetta-2-2-800x530

Só o ambiente do restaurante Alain Ducasse, duas estrelas Michelin, no interior do Hotel Le Meurice, em Paris, já surpreende. O arquiteto Philippe Stark, nome por trás do projeto, inspirou-se no Salão de La Paix, do Palácio de Versalhes, e incorporou lustres de cristais, espelhos antigos, bronze, detalhes de mármore e pinturas antigas ao ambiente. Para completar, amplas janelas dão vista para o Jardim de Tuileries, que, no verão, torna-se ainda mais colorido e atraente.

2le-meurice-3-1-800x530

A cozinha também é especial. O famoso chef e empreendedor busca resgatar a essência dos alimentos, de forma que sua gastronomia valorize e realce o sabor natural dos ingredientes, respeitando a sazonalidade e uma cadeia de produção consciente. O conceito do local foi reformulado em 2013, quando Alain Ducasse se juntou ao chef executivo do restaurante, Jocelyn Herland, e propôs a nova “filosofia”.

2restaurant-le-meurice-alain-ducasse-homard-6498-©-pierre-monetta-e1446117830172-1450x650-800x530

A cada estação do ano, o restaurante propõe, além do menu convencional, o “Collection Menu”, uma sequência de entrada, três pratos principais e queijos ou sobremesa – na França é um hábito comum apreciar variedades de queijos no lugar de algo doce, ao preço de € 380. Para a primavera 2018, um dos pratos do menu é composto por lagostins crispy, erva-doce e limão. O local está aberto para café da manhã, almoço e jantar. É recomendado o uso de paletó para os homens.

88-restaurant-le-meurice-alain-ducasse-paris-france-tie-800x530

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Lounge de uísque no Reino Unido

A renomada destilaria de uísque de Speyside, a Macallan, inaugurou seu primeiro lounge no Reino Unido, localizado no Four Degree, restaurante que une as culinárias europeia e japonesa no bairro de Vauxhall. Posicionado em um mezanino do restaurante – com elegante vidro fosco nas janelas para garantir a privacidade -, o local é abastecido com alguns uísques verdadeiramente raros.

O lounge não serve apenas Macallan. Uísques de Suntory, Tomintoul, Kinahan, Bruichladdich, Old Pulteney, Angus Dundee, Glenfiddich, Glenfarclas, Glencadam, Samaroli e Highland Park também estão disponíveis.

macallan-lounge-reino-unido-2

“Nós estamos animados em trabalhar com o Four Degree para criar um Macallan Whisky Lounge customizado, onde os hóspedes podem aproveitar um conjunto excepcional de uísques Macallan, além de coquetéis especialmente selecionados e degustações”, diz Chris Anderson, diretor de marcas da Macallan. “A excelente cozinha e a ambientação artística do Four Degree farão dele um destino ideal para aqueles que querem saborear alguns dos uísques mais sofisticados do mundo.”

A declaração é reforçada pelo fato de que o lounge ostenta a maior coleção de Macallan 40 anos oficial de Londres – o que não é de se desprezar. A criação do espaço segue a abertura do lounge da Macallan em Macau, no Galaxy Hotel.

O fato de outros uísques – além do Macallan e daqueles de propriedade de sua holding, o The Edrington Group – também estarem disponíveis no lounge mostra que as marcas de uísque querem entrar nesse mercado de luxo de crescimento rápido.

Como os preços das garrafas continuam a crescer e as destilarias lançam uísques cada vez mais sofisticados, faz sentido que esses espaços onde uísques tão caros podem ser consumidos também estejam se proliferando. Fazer isso em um restaurante da moda em Vauxhall não é nada mal, especialmente considerando sua linda vista para o rio Tâmisa e as bençãos de monges budistas.

Além dos sofisticados uísques, o restaurante Four Degree tem muito mais para oferecer. O bar serve drinques clássicos com um toque japonês, e os coquetéis feitos de uísque são especialidade da casa. O menu inspirado no Japão desenhado pelo celebrado chef Kyoichi Kai ostenta um sushi bar de produtos sazonais e um prato de filé de Wagyu com chips de alho. Com um mix de primeira de sushi, coquetéis e uísque, não há como errar.

Fonte: Forbes

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Fregate Private Island: Um paraíso particular

Localizado em uma ilha particular de 2,19 quilômetros quadrados, em meio ao Oceano Índico, o Fregate Private Island é uma joia de conforto e exclusividade nas Ilhas Seychelles. Parte do grupo Oetker, o empreendimento conta com apenas 16 bangalôs de 400 m² a 700 m² encravados nas rochas, de frente para o mar.

fregate-island

Naturalmente isolados pela geografia da ilha, todos contam com terraço e piscina de borda infinita privativos, além de banheira de hidromassagem. A estadia mínima de sete dias sai a partir de 4.050 euros por diária.

fregate-island-1

No total, a propriedade oferece sete praias de águas azul-turquesa e quentes, sendo que os hóspedes (se não reservarem a ilha toda para seu grupo) podem requisitar exclusividade de uma das praias por um período previamente programado. Durante a estadia é possível praticar diferentes atividades aquáticas, tais como vela, windsurfe, caiaque, snorkeling, mergulho ou pesca em alto-mar.

velaa-private-island-resort-138232-xl

O restaurante da ilha é reconhecido internacionalmente e tem nada mais nada menos que seis estrelas Michelin. O jantar ainda conta com uma exuberante vista para o Oceano Índico. A ilha possui doislounges - sendo um casual e outro mais formal, para a noite. Ambos mesclam uma decoração tradicional com design contemporâneo exuberante.

E você, levaria quem para essa ilha deserta?

banyan-tree-seychelles-hotel-730x365

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone