Google+
 

Category Archives: Arquitetura

Escadaria restaurada pela Bulgari

A conservação e a restauração de bens históricos culturais de uma cidade abocanha uma grande fatia do orçamento público e isso, quando ganham a atenção e os cuidados que merecem. Alguns podem achar um investimento supérfluo mas vale parar para pensar: o que seria de muitas economias locais sem a generosa soma que entra do turismo?

bulgari-escadaria

Nos últimos anos, as marcas de moda italiana deram uma lição de investimento histórico na Itália – país que enfrentou uma grande crise econômica. Cada uma cuidou de uma grande e famosa obra arquitetônica de sua cidade de origem ou de sua região. A Fendi restaurou a imponente Fontana di Trevi (de 1732), na capital italiana, com um investimento de 2,4 milhões de euros e um ano e meio de trabalho. A Diesel destinou 5,5 milhões de euros para restaurar a Ponte di Rialto (construção do ano 1588) de Veneza, a cidade mais conhecida e que mais atrai turistas no Veneto. A florentina Salvatore Ferragamo doou 600.000 euros para a reforma de oito salas da Galleria degli Uffizi (fundada em 1581), pinacoteca que abriga a Primavera e O Nascimento de Vênus de Sandro Botticelli, entre tantas outras obras de tamanho valor em Florença. A Tod’s investiu 25 milhões de euros na região vizinha e restaurou o Coliseu de Roma.

Brogi_Giacomo-580x453

Agora é a vez da Bulgari, que foi fundada em Roma em 1884 por Sotirio Bulgari, restaurar um cartão postal da cidade que recebe cerca de 36 milhões de turistas ao ano. Até Audrey Hepburn passou por lá em “A Princesa e o Plebeu”, (Roman Holiday), de 1953. A joalheria romana de luxo investiu 1,5 milhão de euros e um ano de trabalho para limpar, proteger e refazer a fundação de alguns degraus da escadaria da Trinità dei Monti, construída entre 1723 e 1726 pelo arquiteto Francesco De Sanctis (1693 – 1740). A escadaria fica na Piazza di Spagna (Praça da Espanha) – que até o século XVII era conhecida como Piazza di Francia (Praça da França) – e leva até a Santissima Trinità dei Monti (Igreja da Santíssima Trindade dos Montes).

Fontana-della-Barcaccia-580x375

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Hospedagem com selo Versace, em Dubai

Palazzo Versace Hotel in Dubai.

Dubai já é puro luxo, e quando juntamos um nome como Versace ao emirado, fica melhor ainda! Pois foi lá que a grife inaugurou recentemente o segundo hotel de sua rede Palazzo Versace. O primeiro resort da marca já existe na Gold Coast australiana desde 2000.

Mosaico-Lobby-Lounge

A nova empreitada, que casa perfeitamente com o maximalismo de Dubai, tem 215 quartos, dos quais 65 são suítes. Donatella Versace cuidou pessoalmente da decoração, que inclui pisos com o clássico mosaico barroco em mármore e até tetos com detalhes em ouro pintados à mão. O complexo ainda inclui dois restaurante (Vanitas e Giardino) e, além dos quartos, mais 169 residências de luxo com até seis dormitórios cada.

itemImage_1_thumb

Segundo o WWD, o projeto custou o equivalente a R$2,3 bilhões. As reservas podem ser feitas por meio do site oficial do hotel, com diárias a partir de R$2.400. Que tal?

2664863704

itemImage_11_thumb

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Hotel com quartos flutuantes

3

Um projeto de hotel criado por um estúdio sérvio de design e arquitetura é inovador e promete atrair muitos turistas em busca de novas experiências. O hotel promete uma vista estonteante para qualquer um de seus hóspedes, já que conta com apartamentos flutuantes, e foi projetado para promover o turismo em locais com lagoas e águas calmas.

9lrlisd91g5iur1ycgu00dva7

Cada quarto é, na verdade, uma embarcação do tipo catamarã, que tem dois cascos e propulsão a motor. O lobby do hotel, restaurantes e áreas comuns ficam em uma plataforma também flutuante, onde os hóspedes poderão “atracar” os seus quartos em um deck.

Floating_hotel_with_catamaran_apartment

Os idealizadores do projeto acreditam que os quartos flutuantes permitem que os hóspedes fiquem mais próximos da natureza e escolham eles mesmos qual será a vista do seu quarto. Cada apartamento poderá comportar de duas a quatro pessoas e será composto por um hall, uma cozinha, uma sala, um banheiro, um quarto, um deck privativo, além da área de controle da embarcação.

Interior_1

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Hotel com pomar

hotel_weinkulturgut_longer_matteo_thun_01

O Vale do Rio Mosela, no oeste da Alemanha, é uma região conhecida por suas vinícolas e pomares que compõem cenários bucólicos paradisíacos. Ali, as pessoas moram em meio às plantações, mantendo contato direto com a natureza. Para preservar essa tradição, a família Longen, proprietária do Hotel Weinkulturgut Longen-Schloder, convidou o arquiteto italiano Matteo Thun para realizar um projeto que oferecesse aos seus clientes grande proximidade com a realidade local. O que Thun fez foi levar para dentro do pomar as instalações da hospedaria.

hotel_weinkulturgut_longer_matteo_thun_06

Foram erguidos vinte chalés, feitos de pedras locais, com aspecto externo que remete à arquitetura de antigas adegas. Cada aposento tem acesso a um terraço, feito em madeira, que leva a um jardim privativo. A ideia é que o hóspede, ao escolher uma cabana, também possa apontar o tipo de jardim que deseja – com plantas de sombra, florido, com ervas de campo ou um rico pomar. Se optar pelas árvores frutíferas, ele poderá fazer sua própria colheita, degustando as frutas que desejar.

hotel_weinkulturgut_longer_matteo_thun_02

O interior claro das casas contrasta com o exterior acinzentado. Paredes brancas, piso de madeira, tecidos orgânicos e matérias naturais caracterizam o estilo de trabalho holístico e sustentável de Matteo Thun. O hotel também conta com um restaurante para setenta pessoas e uma vinícola onde são produzidos vinhos com as frutas cultivadas pela família Longen.

hotel_weinkulturgut_longer_matteo_thun_03

Fonte: Casa Vogue

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A nova estrutura do Museu de História Natural, em NY

13042-amnh-gilder-center-proposed-facade-winter

Um dos museus mais conhecidos do mundo, o Museu Americano de História Natural de Nova York vai ganhar uma novidade em 2020, ano em que comemora 150 anos: um anexo de 250 mil m². A construção será dedicada ao ensino da ciência, com laboratórios, salas de aula, além de espaços expositivos que vão revelar a extensa coleção científica da instituição.

1_bCwEd5X

O projeto, nomeado de “Richard Gilder Center for Science, Education, and Innovation”, custará US$ 340 milhões e vai recuperar o coração físico do museu, concluindo conexões previstas no plano original, além de realizar a nova adição. A circulação também será melhorada, já que o museu cresceu entre 3 a 5 milhões de visitantes nas últimas décadas.

3-proposed-interior-gilder-center-central-exhibition-hall-west-view-to-theodore-roosevelt-park

A estrutura é inspirada em ambientes naturais, como favos de abelhas, revelando, por meio de aberturas orgânicas, o que há por trás dos andares. Ao entrar no espaço, a luz natural de cima e a visão para várias as atividades do interior convidam a um movimento, para uma compreensão mais profunda do centro de exibições. O projeto arquitetônico surgiu da missão do museu.

2016-09-06-amnh-entry-view-edit

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Luxo no primeiro hotel da Fendi

jpg

Em Roma, a poucos passos da mítica via dei Condotti, fica o primeiro hotel da Fendi. No terceiro dos cinco pisos da edificação totalmente reformulada (que a grife ocupa desde 2004), Fendi Private Suites é parte de um arrojado império que inclui a maior loja Fendi no mundo (térreo e primeiro andar), um apartamento para receber clientes VIPs (segundo pavimento) e o badalado restaurante Zuma (quarto e quinto pisos). Em comum, os espaços compartilham o DNA criativo da companhia, sua conexão com o design contemporâneo e referências à cidade onde nasceu, em 1925.

cv370_pg130a131_lazerhotel-2

Os traços do século 17 se limitam apenas à fachada. A área do lounge tem ares de living romano, comum mix de móveis vintage e de design contemporâneo sobre pisos de madeira e entre paredes de travertino. Um sofá Cipria, dos irmãos Campana, um par de cadeiras da Fritz Hansen e um lustre de Lindsey Adelman se misturam a peças customizadas pela Fendi. Cada uma das sete suítes (de 35 m² a 60 m²) é única, e a maior parte da mobília foi criada pela Fendi Casa, incluindo as camas. Sobre elas, recortes de pele – símbolo da marca – viram obra de arte.

cv370_pg130a131_lazerhotel-3

Hóspedes têm acesso exclusivo ao universo da grife. Da sala de jantar ao provador, o apartamento chamado Palazzo Privé, assinado pelo Dimore Studio, revela itens concebidos para o Design Miami de 2014. Já na loja, projetada pelo francês Gwenaël Nicolas, dominam a escultura Moon Ball, do suíço Not Vital, e a escadaria de mármore vermelho Lepanto. “Não há lugar melhor para entender a nossa visão precisa do luxo”, declarou Pietro Beccari, CEO da Fendi.

cv370_pg130a131_lazerhotel-6

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Experiência de morar com a grife Aston Martin

A luxuosíssima Aston Martin está lançando uma parceria com a empresa G and G Business para desenvolver um projeto imobiliário exclusivo em Miami. Segundo o site Webluxo, a marca britânica de automóveis de luxo vai construir a Aston Martin Residences, que será uma impressionante torre residencial de luxo com 66 andares e aproximadamente 390 apartamentos com incríveis vistas panorâmicas da Baía de Biscayne e da cidade de Miami.

A equipe de design da Aston Martin, liderada por Marek Reichman, vai projetar os espaços interiores, incluindo os dois átrios privados, o centro de fitness de dois andares com vista para o mar e o spa. Segundo a marca, o empreendimento em forma de vela projetado pela Revuelta Architecture e pela Mian Anger deverá ser inaugurado em 2021.

aston-martin-residences-miami

No total, serão oito penthouses (uma delas duplex), todas com piscinas e terraços privativos, vão partilhar a torre com as restantes centenas de luxuosos apartamentos de um a quatro quartos. A Aston Martin Residences faz parte de uma coleção cuidadosamente planejada de experiências e projetos de luxo dentro da Art of Living by Aston Martin, que leva aos clientes experiências além de seus sofisticados carros.

Segundo a empresa, a assinatura da grife, os materiais de qualidade e as linhas limpas serão evidentes em todos os apartamentos, sendo que os residentes poderão até desfrutar de um acesso exclusivo às águas turquesa de Miami através de uma marina privativa.

aston-martin-residences-miami-4

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Refeições na fábrica de ursinhos

lazer-restaurante-villa-de-bear-13

Bangkok não é uma cidade comum. A capital da Tailândia é uma empolgante mistura de estilos, de beleza, de caos e um lugar onde tudo pode acontecer. Alguns estabelecimentos são super diferentes e causam encantamento em quem os visita, como este inusitado restaurante, totalmente inspirado em uma fábrica de ursinhos de pelúcia.

lazer-restaurante-villa-de-bear-04

Batizado Villa De Bear, o amplo espaço foi decorado com elementos ligados ao tema, além de muita madeira, aço, concreto e tijolos aparentes, em uma proposta contemporânea. O projeto é repleto de engrenagens, botões, carretéis e, claro, ursos em diversos formatos. Em um dos amplos salões da casa, o piso e as paredes foram revestidos com madeira. Botões de diferentes tamanhos adornam as laterais, enquanto lâmpadas pendentes chamam a atenção para o pé-direito alto. Em outro ambiente, enormes janelas de vidro deixam entrar a luz natural, mas o que atrai mesmo o olhar são os imensos carretéis com fios coloridos próximos ao teto, criando um cenário quase surrealista para as refeições.

lazer-restaurante-villa-de-bear-09

O tema também aparece no bar, onde o formato dos ursinhos foi escolhido para emoldurar as torneiras de chope. Enquanto isso, em todos os recantos, luminárias rústicas ajudam a criar uma atmosfera industrial e divertidamente envolvente.

lazer-restaurante-villa-de-bear-07

lazer-restaurante-villa-de-bear-16

lazer-restaurante-villa-de-bear-06

 

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Ciclovia iluminada

starry-night-580x362

Andar de bicicleta por aí é uma delícia – seja para passear ou para se locomover fugindo do trânsito. Mas convenhamos, sair de bike à noite não é tão fácil quando falta iluminação e visibilidade. Para resolver isso de uma forma incrível uma tecnologia já está sendo usada na Europa. Há alguns anos o estúdio Roosegaarde criou um material que absorve a luz do sol durante o dia e a noite ilumina a ciclovia perto de Eindhoven, na Holanda. Ela ganhou o nome de “Starry Night” (Noite estrelada), em homenagem à pintura do artista holandês Van Gogh (foto acima).

ciclovia-580x315

Inspirados por essa ciclovia tão poética, técnicos do TPA Instytut Badań Technicznych, em Lidzbark Warminski, no norte da Polônia, desenvolveram um novo e melhor revestimento sintético (ainda em fase de testes) que se ilumina com a carga da energia solar. O calçamento, que tem um espaço para pedestres e outro para os ciclistas, brilha por dez horas seguidas após um dia ensolarado e permite que os moradores do lugarejo com 16.569 habitantes e castelos medievais façam seus passeios depois que o sol se põe. A ideia é levar, posteriormente, a tecnologia para outros lugares do mundo.

polonia-580x386

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Lugares de acordo com o seu humor

lazer-restaurante-saltz_05

O que te faz escolher uma mesa em um restaurante? A proximidade com o jardim, um cantinho mais intimista… Ou, por que não, optar pelo lugar que mais se adequa ao seu humor do dia? Esta é a proposta do recém-inaugurado restaurante Saltz, em Zurique, na Suíça, cuja decoração esbanja a irreverência do artista Rolf Sachs. O alemão, que já assinou uma mostra sobre o Vale Suíço, utilizou elementos da paisagem de forma desconstruída para criar efeitos inesperados pelo estabelecimento situado no hotel Dolder Grand.

lazer-restaurante-saltz_02

O clima teatral se espalha pelo restaurante: os 280 m² combinam materiais e objetos incomuns, como luzes de neon formando raios nas paredes e uma pedra pendurada no corredor. Foram criados diversos setores diferentes, incentivando os visitantes a explorá-los. Cada área transmite uma sensação diferente. Em uma parte, um vermelho intenso domina completamente, das paredes ao tapete, fazendo uma referência à bandeira da Suíça. O desenho formado pelo neon na superfície sugere o relevo montanhoso típico da região.

lazer-restaurante-saltz_06

Clássicos do design assinados por Eero Saarinen e Jean Prouvé em tecidos confortáveis compõem o mobiliário. O teto traz uma composição geométrica irregular acrescida de um jogo de cordas vermelhas entrelaçadas. Fazendo uma menção ao nome do restaurante, uma parede feita de sal surpreende um dos cantos em tons neutros. O Saltz acomoda ao todo 228 pessoas e é comandado pela chef Patrick Hetz, que assina um menu internacional variado.

lazer-restaurante-saltz_07

Fonte: Casa Vogue

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone