Google+
 

As propriedades mais caras do mundo

Com os preços exorbitantes do mercado imobiliário atual, você já parou para pensar nos imóveis mais caros à venda no mundo? Com certeza as cifras são até difíceis de imaginar para indivíduos comuns, como a maioria de nós. Por isso, o site Curbed resolveu listar as propriedades disponíveis no mercado mais caras do planeta. São imóveis impressionantes, não apenas por seus preços astronômicos, mas também por sua beleza, seu conforto e, claro, seu luxo. 

1. Ilha Il Galli, Itália  US$ 268 milhões – Não é de se estranhar que esta ilha situada entre Positano e Capri esteja no topo da lista. Sua posição geográfica privilegiada, no melhor trecho da Costa Amalfitana, certamente justifica o preço, mas sua paisagem natural, composta por três rochedos e uma praia particular, ajuda a compor o quadro. Por US$ 268 milhões, o felizardo que adquirir a propriedade terá à sua disposição, ainda, uma autêntica villa italiana, erguida ao lado da faixa de areia, e algumas histórias para contar. Afinal, um dos proprietários anteriores foi o bailarino e empresário Rudolf Nureyev, conhecido promotor de memoráveis festas privéepor ali.

2. Praia de Amagansett, Hamptons, Nova York, EUA  US$ 200 milhões – A imensa faixa de planície e praias pontuada, aqui e ali, por algumas das mais estonteantes mansões do planeta, dá aos Hamptons, no litoral do Estado norte-americano de Nova York, o status de uma das regiões mais ricas do planeta. A mais cara propriedade dali, porém, não é uma mansão, mas, sim, um terreno de 38 mil m² à beira da praia de Amagansett, no trecho mais disputado e valioso de East Hampton.

3. Cobertura do Bulgari Hotel, Londres  US$ 157 milhões – Se há uma cidade no mundo conhecida pelos alto preço de seus imóveis (na verdade, há várias!), essa cidade é Londres. E é justamente ali, no topo do recém-inaugurado Bulgari Hotel, que está a mais cara residência da cidade. Disponível para venda, a cobertura tem preço alto: US$ 157 milhões. E o pior é que isso não é sinônimo de luxo absoluto. Pelo contrário: apesar de o futuro proprietário ter uma bela vista para o Hyde Park, além de dispor dos serviços e dependências do hotel, ele terá de desembolsar outra boa quantia para concluir sua construção. A obra está parada e não tem sequer os acabamentos. 

4. Residência de Jeff Greene, Beverly Hills, Califórnia, EUA  US$ 150 milhões -Localizada em um dos pontos mais disputados de Beverly Hills, esta propriedade tem mais de 100 mil m² de terreno. É um valor e tanto, considerando-se que ela fica dentro de uma área urbana. Os exageros não param por aí: com 11 suítes, a casa principal tem mais de 4 mil m² de área construída, além de 24 vagas de garagem, um salão de festas de 500 m², um gazebo de mil m² e uma casa de hóspedes de 750 m². Tudo isso é fruto do sonho do milionário Jeff Greene, que atua justamente no ramo imobiliário e agora pretende reaver o investimento que aplicou em sua antiga morada.

5. Residência Fleur de Lys, Bel Air, Califórnia, EUA – US$ 125 milhões – Bel Air disputa com Beverly Hills o título de subúrbio mais rico de Los Angeles. O primeiro, porém, é procurado por aqueles que querem privacidade. É ali que está a residência conhecida como Fleur de Lys, de propriedade de Suzanne Saperstein, ex-esposa de David Saperstein, um bilionário fazendeiro do Texas. A residência tem 3.200 m², divididos em 12 suítes, duas cozinhas, um cinema para 50 pessoas, salão de festas, 10 quartos de empregados e 9 vagas de garagem.

Informações: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>