Google+
 

As cavernas azuis da Grécia

Todo mundo sabe que um dos lugares que mais bombam no verão europeu é a Grécia. As águas azuis e as construções branquinhas das ilhas do país voltaram a ferver e o destino está mais em alta do que nunca. Mas ao planejar sua viagem para este paraíso, não deixe de considerar também alguns passeios que não são frequentemente incluídos nos roteiros dos turistas – a Grécia tem, no total, 227 ilhas habitadas!

bluecaves12

Zakynthos é uma das ilhas em ascensão na lista de destinos mais desejados, já que é lá que fica a espetacular Navagio Beach, considerada por muitos como a praia mais bonita do mundo (falamos sobre ela aqui). Mas o que nem todo mundo sabe é que o caminho para chegar nesse pedacinho de areia tão admirado guarda uma surpresa de tirar o fôlego: as Blue Caves.

bluecaves14

Estas cavernas ficam na parte ocidental da ilha e o acesso é feito somente pela água. O nome faz referência à matiz azulada, resultante de uma combinação da cor do mar com o reflexo do céu em sua superfície. Pode apostar que você nunca imaginou ver um mar tão impressionantemente azul assim! Além disso, arcos adornam as entradas para as grutas, resultado de uma erosão acontecida há milhares de anos.

bluecaves8

A maior gruta é chamada de Kianoun, onde se encontram muitos barcos para aluguel, que servem de locomoção até o interior da caverna. E não basta apenas olhar de longe, o mergulho é uma das atividades mais populares do local. A escuridão é deixada um pouco de lado, uma vez que se está debaixo d’água, e frestas de luz surgem, revelando um azul diferente, de cor turquesa. Incrível!

bluecaves16

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Basquiat em Londres

A arte inconfundível de Basquiat poderá ser apreciada por quem visitar Londres neste ano. Nome importante da cena artística de Nova York nos anos 1980, ele ganhará sua primeira grande exposição no Reino Unido, 28 anos após sua morte. “Boom For Real” estará no Barbican Art Gallery e conta com 100 obras, com pinturas famosas e pouco conhecidas, incluindo também anotações e desenhos.

basquiat-8

As fortes pinturas de Basquiat, que tratam temas como injustiça racial, identidade e a cultura pop, retratam o cenário violento e caótico de Nova York nos anos 1980. Sua estreia foi em 1981, em uma mostra do MoMa P.S.1, intitulada New York/New Wave. A exposição também explora a relação de Basquiat com a música, filme e televisão, e como esses elementos impactaram no seu trabalho.

basquiat_paris_2010_f_003

“A criatividade brilhante e o poder emotivo de Basquiat continuam tendo um imenso impacto e influência em diversos artistas, cineastas e músicos. Será uma rara oportunidade para os visitantes de ver o grande corpo de alguns dos seus trabalhos mais famosos e também os pouco conhecidos em um mesmo lugar”, diz a diretora de artes visuais da Barbican, Jane Alison. Para quem já ficou ansioso para ver tudo isso de perto, um aviso: a exposição abre apenas em setembro de 2017.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os arredores dos pontos turísticos mais famosos do mundo

Viajar é fantástico e conhecer de perto um ponto turístico famoso pode ser a realização de um sonho. Alguns deles são super icônicos e é possível reconhecê-lo por qualquer imagem. Mas você já parou para pensar no que existe nos arredores destes monumentos e em todo contexto em torno deles? Confira os ambientes que envolvem alguns dos cartões postais mais conhecidos do mundo e surpreenda-se!

Taj Mahal - Índia

Taj Mahal – Índia

Pirâmides de Gizé - Egito

Pirâmides de Gizé – Egito

Santorini - Grécia

Santorini – Grécia

Cidade Proibida - China

Cidade Proibida – China

Sirenita - Dinamarca

Sirenita – Dinamarca

Stonehenge - Reino Unido

Stonehenge – Reino Unido

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Luxo no Museu TAG Heuer, na Suíça

Sinônimo de inovação e qualidade desde 1860, a marca Tag Heuer também é obra de museu. O TAG Heuer 360 fica na cidade de La Chaux-de-Fonds, vizinho à sede das oficinas da empresa, na Suíça.

MuseumR950

Surpreendente por sua arquitetura e cenografia circular, o museu de 200 m² recupera a saga da marca relojoeira e sua dedicação em melhor medir intervalos de tempo infinitamente pequenos. Todo o design foi inspirado no intrigante e inacessível espaço entre o mostrador do relógio e seu vidro de safira.

mm0006

O espaço proporciona aos visitantes uma experiência audiovisual única e personifica os heróis de ontem e de hoje. Entre eles, personalidades como Steve McQueenBrad Pitt, Uma Thurman, Juan-Manuel Fangio, Kimi Räikkönen, Lewis Hamilton, Maria SharapovaTiger Woods e até Ayrton Senna: todos embaixadores da marca.

La_Chaux-de-Fonds_inside_museum_560

A TAG Heuer é a quarta maior relojoaria de luxo do mundo e tornou-se referência absoluta na criação dos mais precisos instrumentos de medição de tempo, fazendo história desde os Jogos Olímpicos da década de 1920, até seu papel como cronometrista oficial da Fórmula 1, e da Indy Racing League. A visita ao museu é a programação de luxo ideal para quem visita a Suíça.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Que tal se casar em Malta?

Um dos melhores segredos guardados da Europa, Malta está se transformando em um local bastante procurado por quem sonha com um casamento digno de cinema. As ilhas maltesas, formadas por Malta, Gozo e Comino, ficam a apenas três horas do Reino Unido e oferecem um destino com bastante história, cultura, vida noturna e sol durante todo o ano para manter todos os viajantes felizes.

796dc0es4m8ddixxot2qszoxa

As ilhas possuem cerca de 365 belas igrejas, tornando o país o destino ideal para aqueles que desejam um casamento religioso. A elegância e o esplendor das paróquias barrocas proporcionarão um belo cenário para o dia especial do casal. Para os que buscam intimidade e isolamento, há também muitas capelas encantadoras localizadas na área mais rural do país. No entanto, casais que seguem outras religiões também podem encontrar um lugar perfeito para o casamento dos sonhos. Uma vez que o país possui um passado histórico tão variado e colorido, há uma série de locais interessantes ao ar livre ou fechados que podem ser escolhidos.

617krnryhkjg9ipz18vbq1lyn

Quem tem em mente uma cerimônia grandiosa vai adorar um dos grandes palácios barrocos com jardins deslumbrantes do país, e aqueles que preferem algo mais rústico podem escolher uma bela casa de campo situada na pitoresca zona rural de Gozo. Para os amantes da natureza, o país tem muitas belas praias, cenários e paisagens que o tornam único.

1dyrng9fu7icio24avq1yzcsq

Para quem quer se casar no civil, também há opções interessantes. Desde o majestoso Upper Barrakka Gardens, no Grande Porto de Valletta, até fazendas rústicas, hotéis cinco estrelas à beira-mar, castelos como Castello dei Baroni ou luxuosas mansões como Palazzo Parisio, há uma abundância de locais impressionantes para uma cerimônia mais formal.

Fonte: IG

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Museu do sorvete

museu-do-sorvete-los-angeles-004

Quem nunca teve um sonho de mergulhar em um mar de comida colorida ou de viver dentro de um universo cor de rosa, cheio de coisas fofas. Pois o Museu do Sorvete, nova atração disputada em Los Angeles, é a prova física de que não existe idade para se jogar nas brincadeiras. As instalações do local não só contam a história da comida mais divertida do cardápio, como convidam os visitantes a participar das intervenções artísticas.

museu-do-sorvete-los-angeles-002

Pense em uma piscina de granulado colorido ou então picolés gigantes espalhados do teto ao chão em uma das salas. Logo na entrada, degustação de chocolate, estendida ao longo da visitação pelos 10 ambientes coloridíssimos com outras guloseimas para deixar tudo ainda mais saboroso.

museu-do-sorvete-los-angeles-007

Meio surrealista, meio Alice no País das Maravilhas, o Museu do Sorvete é um projeto itinerante, que já passou por Nova York e ficou na Califórnia até o fim do mês de maio. A próxima parada ainda não foi divulgada, mas os ingressos sempre são disputados na venda online. Vale muito fazer esta visita deliciosa!

museu-do-sorvete-los-angeles-006

Fonte: Casa Vogue

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Museu Chaplin

f15_chaplin_s_world_by_grevin_photo_annik_wetter_yatzer

Um dos maiores ícones do cinema de todos os tempos tem um museu exclusivo. A mansão em que Charles Chaplin viveu os últimos 25 anos de sua vida, na cidade suíça de Vevey, foi transformada em museu temático e já está aberta a visitação. A propriedade e o parque de 14 hectares com a vista panorâmica do Lago Léman vão fornecer uma visão da vida cotidiana dos Chaplins, em um projeto concebido pela empresa francesa Grévin, responsável por diversos projetos internacionais de museus de cera e parques temáticos.

p2_chaplin_s_world_by_grevin_manoir_yatzer

f6_chaplin_s_world_by_grevin_studio_yatzer

A empresa promete “uma encenação que vai catapultar o observador num universo cheio de ilusões e sonhos”. Os visitantes poderão conhecer melhor não somente o artista, mas também a pessoa de Charlie Chaplin.

f3_chaplin_s_world_by_grevin_manoir_yatzer

f7_chaplin_s_world_by_grevin_studio_yatzer

A parte interna da “Manoir de Ban”, como é chamada a propriedade, foi completamente esvaziada e reformada. Entre outros, surgiu um novo edifício-estúdio, em que Chaplin é apresentado como artista. Ali se encontra uma sala de cinema com 150 lugares, onde poderão ser vistos clássicos. Os curadores avaliaram 81 filmes e 15 mil fotografias, para apresentar tudo da forma mais original possível.

p1_chaplin_s_world_by_grevin_restaurant_yatzer

f8_chaplin_s_world_by_grevin_studio_yatzer

Há também uma série de objetos de recordação, que os filhos de Charlie Chaplin colocaram à disposição. Entre eles, álbuns de fotos, filmes de família, como também a mala do filme O vagabundo, marca registrada desse herói tragicômico do cinema.

Hoya_Museu-chaplin5

f4_chaplin_s_world_by_grevin_manoir_yatzer

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Os funcionários deste hotel são robôs

henna-hotel3

O Japão, este maravilhoso país que sempre nos surpreende com as mais inusitadas novidades tecnológicas! A última invenção, em termos de turismo e hotelaria, é o primeiro hotel gerenciado por robôs, onde até o staff completo é composto por máquinas. Parece ficção científica, mas o Henn-na, como foi batizado o estabelecimento, foi inaugurado em meados de 2015 e fica próximo à cidade de Nagasaki.

henna-hotel4

Cinco estrelas, o hotel cujo nome pode ser traduzido como “Hotel Estranho” foi idealizado para ser um lugar onde os hóspedes se sentissem confortáveis com um ambiente agradável, um preço que coubesse no bolso e ainda assim moderno e divertido. E a tecnologia, claro, é o grande barato do lugar: até o acesso aos quartos é feito com reconhecimento facial.

henna-hotel2

Já na recepção, você encontra um robô que imita humano e fala em japonês, um robô dinossauro que fala inglês (feito principalmente para atrair crianças) e um terceiro que se assemelha aos robôs que estamos acostumados a ver. De acordo com a direção do hotel, é possível ter uma conversação amigável e inteligente com os robôs enquanto eles fazem o trabalho deles. Já o cloak robô, semelhante a um robô industrial, é usado para pegar malas pequenas e outros pertences e armazenar em armários.

henna-hotel5

Todos os 72 quartos possuem um tablet para que você possa pedir o serviço de quarto, por exemplo, sem necessidade do telefone. Em uma entrevista a CBS, o presidente da companhia que idealizou o Henn-na disse que os robôs não são baratos mas que num comparativo com a folha de pagamento anual com humanos os robôs são eficazes em termos de custo e como a tecnologia sempre evolui e traz melhorias, num futuro pode vir a ser mais barata. Ele espera que, no futuro, sejam construídos em torno de mil hotéis similares a esse ao redor do mundo.

henna-hotel16-600x441

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Sofisticação em meio ao Atacama

o-por-do-sol-na-lagoa-tebenquiche-e-uma-das-atracoes-imperdiveis-do-atacama-1372018491898_956x500

A pequena San Pedro de Atacama, que fica no meio do deserto chileno, o mais árido do mundo, foi durante muito tempo um concorrido ponto de encontro de mochileiros de estrada da América Latina. O perfil alternativo e barato do lugar começou a mudar em 1998, quando o povoado foi descoberto por europeus. Naquele ano, foi inaugurado o primeiro resort da região.

Os nativos do local perceberam, então, que era hora de substituir os campings por pousadas mais confortáveis, e a rua central foi invadida por restaurantes sofisticados. Em 2008, mais três luxuosos hotéis abriram suas portas na região. Os hotéis “oásis” trabalham com sistema all inclusive de hospedagem – três refeições por dia, bebidas à vontade e passeios. Têm, ainda, a comodidade de um spa em suas dependências, pago à parte. E preços à altura de tantos mimos: os pacotes de três noites variam entre US$ 1.064 e US$ 1.920 por pessoa.

tat-licancaburfora

O Kunza, com 60 quartos, é o maior da região e o único entre os cinco-estrelas com televisão e frigobar nos quartos. De tão grande, os hóspedes se deslocam em carrinhos de golfe. O spa mais sofisticado de San Pedro fica no Tierra Atacama. Os tratamentos são feitos com produtos L’Occitane e há banhos de vapor, jacuzzi e piscina aquecida coberta com hidromassagem, jatos e cascatas. Nos quartos, varanda privativa e a vista do Vulcão Licancabur compensam a ausência da TV. O ponto negativo desses dois hotéis é a localização: ambos ficam a 2,5 quilômetros de distância da vila. Pode parecer pouco, mas não é aconselhável fazer o trajeto a pé durante a noite, quando San Pedro fica cheio de cães e animais noturnos.

O menor, porém não menos luxuoso, da região, o hotel boutique Awassi tem apenas oito quartos, todos com jipe e motorista para passeios a qualquer momento. Além da opção de traslado de Santiago a Calama, cidade a uma hora de carro de San Pedro, em avião fretado. Preço da mordomia: US$ 800. O cardápio mais interessante de bebidas incluídas está também no Awassi, com uísque 12 anos, bons vinhos e até uma curiosa vodca grega.

tat-open

A localização, espremida entre montanhas e um lago, garante um visual impecável ao Alto Atacama. A arquitetura integrada à paisagem privilegia a simplicidade e o uso de materiais naturais como palha e madeira. A decoração usa peças de artesãos da região. Os operadores chilenos estão empolgados com a nova fase de San Pedro, um destino novo e potente.

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Do Brasil à Europa em uma low cost

A companhia aérea de baixo custo Ryanair anunciou uma parceria com a Air Europa para voos diretos entre a cidade espanhola de Madri e 16 países do continente americano, como Brasil, Estados Unidos, Argentina, Bolívia, Colômbia, Uruguai, República Dominicana e Equador.

No Brasil, os voos irão chegar a (e sair de) São Paulo e Salvador. As viagens entre Madri e o território brasileiro serão operadas pela Air Europa, mas as passagens poderão ser compradas pelo site da Ryanair.

ryanair-aircraft-2

Por enquanto, os preços dos tíquetes, que já estão à venda, não estão mais baratos do que os oferecidos por outras empresas que fazem a mesma rota. Mas a Ryanair promete, até o fim deste ano, vender passagens com conexões com sua nova parceira.

Com isso, o viajante poderá, por exemplo, adquirir na mesma compra um voo entre o Brasil e a capital espanhola operado pela Air Europa e um tíquete de baixo custo da Ryanair entre Madri e outros destinos europeus.

No mesmo comunicado oficial que anuncia a novidade, Michael O’Leary, CEO da Ryanair, afirmou que a empresa está negociando outras uniões do tipo. O objetivo, de acordo com ele, é “transformar a Ryanair em uma espécie de ‘Amazon’ das viagens”.

Fonte: Viagem e Turismo

 

Gostou? Então compartilhe!Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone